O consumo online do seu filho não é simplesmente uma brincadeira - Diário de Santa Maria

Opinião14/02/2017 | 13h45Atualizada em 21/02/2017 | 11h48

O consumo online do seu filho não é simplesmente uma brincadeira

Colunista de Tecnologia, Andrewes Koltermann fala sobre a forma como os pequenos se relacionam com a internet e a televisão

Nem só de robôs digitais é feita a brincadeira de pais e filhos. Na foto, Andrewes e Dé, com o robozinho montado por ambos Foto: Arquivo pessoal / arquivo pessoal

Na estreia da coluna Tecnologia no site do Diário, na semana passada, o colega Cristiano Silveira dos Santos falou um pouco sobre inteligência artificial (AI) no nosso cotidiano. Mais do que pensar, a coluna me fez refletir sobre como será a AI daqui 30 anos, quando os filhos da nossa geração terão a nossa idade.


Em 2011, meu filho, André, o Dé, nasceu, e eu, mesmo aficcionado por tecnologia, não imaginava que o futuro dele estaria associado a um tanto dessas coisas. De laboratórios móveis, de redes, muito de inteligência colaborativa, mais um tanto de geolocalização. Até previa que o aprendizado baseado em jogos seria promissor, mas não era uma certeza pra mim.

Antes dele, bem antes, quando eu desenvolvia websites na madrugada (com a conexão discada a custo de pulso único entre a meia noite e às seis da manhã) em troca de um trocado, eu sonhava com o dia em que perguntaria qualquer coisa, e a internet me respondesse na hora. Me dizia futurista. E então...o futuro chegou. E chegou muito rápido.

Psicóloga fala sobre ansiedade compulsiva na coluna de segunda-feira

Meu filho nasceu consumindo Youtube, divertindo-se e aprendendo com os animais da Galinha Pintadinha. Com uns 2 e 3 anos, as histórias, músicas, o colorido e a cultura de outros países com Patati e Patatá estavam a um clique. E, logo após, vieram os 4 e 5 anos. Com eles, os "youtubers" de roblox e minecraft.

São segundos com um dispositivo móvel nas mãos para eles ficarem entre os favoritos e, depois de poucos episódios, seus games já estão instalados nos nossos celulares.

Seus "amigos" youtubers ensinam, ele aprende e replica. Mas, mais que isso: ele passa a perceber novas situações no dia-a-dia. E, de uma forma diferente, não errada, vê-se aí incentivo ao raciocínio lógico e finalidade: aprender brincando.

Foto: Reprodução / Reprodução

E foi assim que o Dé descobriu o Netflix, deslumbrado com a possibilidade de assistir uma série de desenho animado quanto tempo quisesse (e os pais permitissem), sem a necessidade de suportar os 5 segundos intermináveis de publicidade, onde antes mesmo de concluir o primeiro segundo os seus dedinhos já pressionam o "pular".

TV aberta, TV Globinho... o que é isso? Acredito que o Dé nunca vá consumir... Aprender por meio das "Tecnologias Educacionais em Rede"? Isso também já faz parte do seu cotidiano. Estudar em uma universidade tradicional? Quem sabe?! Se o futuro chegou rápido pra mim, o que esperar da velocidade dele para meu filho?

Moda? Que moda?, questiona colunista Camila Marques

E, vejam: entre 10 canais tops do youtube no Brasil com mais visualizações de vídeos, conforme site Social Blade, estão aqueles com conteúdo ligados a entretenimento infantil, comprovação de que, de fato, os pequenos fazem parte de uma geração de nativos digitais.

Mas, como não poderia deixar de ser, a dica que eu deixo é acompanhar sempre o que seu filho faz na internet. Cuidado! Todos sabemos que tem muita coisa prejudicial que nem preciso listar. Precisamos, contudo, equilibrar, cuidado e fomento a novas possibilidades.

E, nos finais de semana, deixe os eletrônicos em casa. Leve o seu pequeno para a UFSM ou para o Parque da Medianeira (se já estiver aberto ao público novamente) para correr, andar de bicicleta e jogar futebol.

Devo estar por lá com o Dé. Se estiver com chimarrão, só me chamar. Vamos bater um papo e continuar a conversa. Até a próxima!

Produtor cultural, Leonardo Gadea se apresenta aos leitores de um jeito peculiar


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Wolmar Heringer será o próximo presidente do Riograndense: https://t.co/NKUmolP7Lh https://t.co/KdclB8GTw2há 1 diaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMotociclista morre ao ultrapassar em local proibido da BR-290 https://t.co/zfVfaEyH5K #rosáriodosul https://t.co/xYKzb97Xdyhá 1 diaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros