Lojistas de Santa Maria e região retomam ofensiva contra cobrança do Imposto de Fronteira - Diário de Santa Maria

Tributos20/02/2017 | 20h27Atualizada em 20/02/2017 | 20h27

Lojistas de Santa Maria e região retomam ofensiva contra cobrança do Imposto de Fronteira

Empresários querem apresentar uma proposta ao governador Sartori e cobrar por uma saída para o impasse

Lojistas de Santa Maria e região retomam ofensiva contra cobrança do Imposto de Fronteira Ronald Mendes/Agencia RBS
Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS

Os lojistas vão retomar a ofensiva para cobrar do governador José Ivo Sartori o cumprimento do decreto legislativo de 2013 que determina o fim da cobrança do Diferencial de Alíquotas (Difa) nas compras interestaduais de mercadorias, o chamado Imposto de Fronteira. A intenção, agora, é negociar e propor uma alternativa a Sartori, segundo o empresário Jacques Eskenaki, diretor da CDLSM e um dos líderes do Movimento Lojista.

Encontrada a quarta vítima de afogamento na Cascata do Mezzomo

Depois de 12 dias, Casa de Saúde retoma partos

– Estamos analisando os números referentes à arrecadação da Difa por parte do Estado. E estamos estudando meios para que a suspensão desta taxa não tenha impacto nos cofres públicos, pois, seria cobrada na venda e não na compra de mercadorias, com isso as empresas teriam condições de aumentar seu faturamento e, consequentemente, repassar mais ao Estado, mas de outra maneira diz Eskenaki.

Trânsito na BR-158 é liberado em Júlio de Castilhos

Nesta segunda-feira, em Santa Maria, a CDL promoveu reunião com empresários locais e entidades de Santiago, Uruguaiana do Clube Farroupilha para tratar do assunto. A intenção é conseguir uma reunião com Sartori em março. Os lojistas alegam que é dever pagar impostos, mas que querem pagar um valor justo.Também sobre impostos, está sendo tratada em Brasília a ideia de criar um imposto único, que incidiria sobre o valor agregado. O Brasil já perdeu muito devido à altíssima carga tributária e há anos precisa de uma reformar. 

Diante das taxas altíssimas e da insegurança tributária, os empresários têm dificuldade de investir e ampliar seus negócios, e o consumidor amarga uma conta salgada. Se os impostos fossem mais baixos, poderíamos ter um consumo bem maior e mais desenvolvimento e empregos.

 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMJovem é esfaqueado durante assalto em Santa Maria https://t.co/LG6wuDUOHr https://t.co/cDjYaeXUMkhá 3 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMHá 12 anos, rádio comunitária aproxima moradores em Santa Maria https://t.co/d2iU0Pl3aB https://t.co/pE18YucVD1há 12 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros