Prefeitura de Santa Maria reduz número de subprefeitos no interior - Diário de Santa Maria

Contenção de gastos 04/01/2017 | 19h28Atualizada em 04/01/2017 | 19h28

Prefeitura de Santa Maria reduz número de subprefeitos no interior

Na prática, governo Pozzobom (PSDB) corta de 18 para 12 o número de cargos em comissão (CCs) 

Prefeitura de Santa Maria reduz número de subprefeitos no interior Germano Rorato/Agencia RBS
Governo assegura que demandas do campo serão atendidas pelo Executivo municipal Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Na esteira dos cortes que estão sendo feitos pelo prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom (PSDB), o chefe do Executivo determinou uma alteração na gestão dos nove distritos da zona rural do município. Antes, até as gestões passadas, cada um dos distritos contava com um subprefeito, mas agora isso vai mudar. Serão, ao todo, três subprefeitos para gerenciar tudo. Ou seja, cada um deles ficará com três distritos (divididos nas regiões sul, oeste e leste). 

Legislativo de Santa Maria deve abrir mão de dinheiro da prefeitura

Na justificativa do governo tucano está a necessidade de reorganização e de se ter austeridade com as finanças. A prefeitura garante que não se trata de um desmonte ou de negligenciar o campo. O secretário de Desenvolvimento Rural, Rodrigo Menna Barreto, destaca que para garantir isonomia de tratamento a todos os distritos, os subprefeitos contarão com veículos da prefeitura para deslocamentos. 

Prefeito eleito de Santa Maria será secretário de Saúde no primeiro semestre de 2017

Menna Barreto enfatiza que os gestores do campo ainda terão um assessor, cada. Na prática, a prefeitura reduz de 18 para 12 CCs ligados aos distritos.

Governo Pozzobom quer uma "radiografia" da máquina pública em três meses

– Todos os serviços prestados no interior serão mantidos. Mas frente à realidade financeira da União e do Estado não podemos ser imprudentes. Além do mais só com folha de pagamento iremos economizar mais de 50%. Os números mostram que teremos uma economia dos atuais R$ 44 mil para R$ 21 mil mensais com a folha de pagamento de subprefeitos e de assessores.

Decreto de Pozzobom prevê contenção de despesas e economia de até R$ 10 milhões

O vereador Luciano Guerra (PT), que é ligado ao homem do campo, entende que a medida soa como um deboche:

– Me soa como um absurdo, um deboche. O prefeito está tirando os subprefeitos de perto da população. Porque ele não deixa de nomear gente no gabinete dele para dar atenção mesmo aos distritos? Durante a campanha ele falava em priorizar os distritos, mas o que se vê é, justamente, o contrário. Uma lástima que o campo não tenha importância para o prefeito.

Nomeações e compromisso

A prefeitura projeta que, na próxima semana, serão nomeados os subprefeitos a exemplo dos assessores também. O secretário Menna Barreto adianta que ele participará efetivamente da gestão dos distritos.

– Os subprefeitos e os assessores estarão trazendo para a gente as demandas e as necessidades. Temos bem claro o entendimento o quão importante são os distritos. Obviamente, que os processos serão constantemente avaliados e, por isso mesmo, nada impede que venhamos a revê-los futuramente – diz Menna Barreto.

Os distritos foram divididos em três regiões conforme a proximidade geográfica.

  


 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM#opinião: Re-existir, entregar-se e não se entregar https://t.co/VuTnp0Fs6m https://t.co/9dz9qTMVbRhá 1 horaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEscolas têm até novembro para avaliar alunos do programa Mais Educação https://t.co/MGY9g1T9DR https://t.co/0chyf4MhrChá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros