Portal de venda de motos esportivas, criado em Santa Maria, é referência no segmento no país - Diário de Santa Maria

Empreendedorismo13/01/2017 | 09h10Atualizada em 13/01/2017 | 09h34

Portal de venda de motos esportivas, criado em Santa Maria, é referência no segmento no país

Motoesportiva.com.br está no ar desde 2016 

Portal de venda de motos esportivas, criado em Santa Maria, é referência no segmento no país Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Que Santa Maria é berço de ideias empreendedoras não é novidade. Muitas empresas que hoje ganham o país saíram do Coração do Rio Grande. E tantas outras seguem o mesmo caminho. É o caso do portal Motoesportiva.com.br que, apesar de ainda não ser o centro das atenções por aqui, já é conhecido em cidades Brasil a fora.

Delivery Much expande negócios e já atua em 74 cidades 

A ideia do site é da webdesigner Franciele Ferreira, 29 anos. O projeto original começou em 2010, lá em Marília (SP), cidade natal de Franciele. Na época com outro nome, o portal começou como um "site normal", onde concessionárias anunciavam motos à venda. No entanto, o objetivo de Franciele era oferecer um conteúdo segmentado, com produtos só para motos esportivas.

Setor imobiliário dá sinais de melhora em Santa Maria

O primeiro projeto funcionou até 2013, quando Franciele lançou o Motoesportiva. O site oficial entrou no ar em março de 2016, e tem a sede em Santa Maria, no bairro Camobi.

Secretaria de Finanças aposta em estratégias para obter acréscimo de receita em Santa Maria 


O site funciona como um portal exclusivo de anúncio de compra e venda de motos esportivas e, a partir desta semana, também trabalhará com a comercialização de produtos da marca, como bonés e camisetas. Segundo Franciele, o fato de proporcionar conteúdo para um público segmentado é o que torna o site mais atrativo.

 – A gente começou do zero. Não tive apoio do Sebrae, nem de investidor anjo. Quando comecei o primeiro projeto, o site não deu o retorno que eu queria, mas foi um aprendizado, porque consegui ver o que o cliente queria, que é rapidez. A gente quis facilitar isso, e foi muito bem recebido. A segmentação fez o pessoal se identificar – conta.

Inflação em Santa Maria foi menor em 2016, mas dezembro pesou no bolso


Franciele contou com a ajuda do marido, que já tinha um negócio, para tocar o site. No entanto, todo o portal, o layout, o relacionamento com os clientes e a mídia digital são feitos por ela. Hoje, a empreendedora tem um sócio e uma funcionária.

Segundo Franciele, que trabalha exclusivamente com o site, os ganhos vêm dos pagamentos de clientes na parte publicitária e com os anúncios de motos. Hoje, 40 lojas anunciam mensalmente no site, que tem uma média de 1,3 mil acessos por dia.

Conforme Franciele, a ideia é expandir o negócio, com a criação de franquias pelo Brasil.

– O site era e é um sonho. Mas, ainda não é um sonho realizado, pois eu acredito que temos muito a crescer. O sucesso não é para estacionarmos, significa mais responsabilidade com os clientes – diz Franciele.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @joao_lamas: Exército pode reforçar policiamento nas ruas de Santa Maria https://t.co/PJV3RIXpqq @diariosm https://t.co/s8vOiDDPGYhá 24 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @joao_lamas: Dois são presos em operação contra assaltos e furtos em Santa Maria https://t.co/HeVNwLE3iy @diariosm https://t.co/QjL5qFUz…há 13 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros