Legislativo de Santa Maria deve abrir mão de dinheiro da prefeitura  - Diário de Santa Maria

Câmara de Vereadores 03/01/2017 | 20h15Atualizada em 03/01/2017 | 20h15

Legislativo de Santa Maria deve abrir mão de dinheiro da prefeitura 

Parlamento deve autorizar, no mês que vem, a liberação do recurso para ser aplicado na área da saúde 

Legislativo de Santa Maria deve abrir mão de dinheiro da prefeitura  Germano Rorato/Agencia RBS
Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Colocar dinheiro na pasta de saúde é o objetivo e a preocupação na largada do governo do prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom (PSDB). Ainda na segunda-feira, nesse sentido, o tucano anunciou um decreto que traz uma série de medidas de contenção de gastos. Na terça-feira, Pozzobom obteve uma sinalização positiva da Mesa Diretora da Câmara – que é integrada pela bancada governista – para uma demanda que tem sido pleiteada pelo prefeito. 

Prefeito eleito de Santa Maria será secretário de Saúde no primeiro semestre de 2017

Pozzobom, desde o fim do ano passado, busca junto à Câmara a redução dos atuais 6% para 5% do orçamento municipal para o Legislativo. Isso, ao que tudo indica, deve resultar em uma economia de R$ 4 milhões a R$ 5 milhões para a prefeitura, recurso que será revertido para a saúde. A previsão orçamentária da Câmara, para 2017, é de R$ 23,5 milhões. E, nos cálculos do prefeito, são necessários R$ 10 milhões para dar uma injeção de ânimo na área da saúde.

Pozzobom em dose dupla na política de Santa Maria

– Entendemos que a saúde é prioritária e os esforços vão nesse sentido – falou Admar Pozzobom, presidente da Câmara.

Ele que está no terceiro mandato afirma que ainda priorizará a revisão da lei dos táxis e políticas públicas para pessoas com deficiência.

Novo prefeito de Santa Maria quer mexer no orçamento municipal

Posse

Na manhã de terça, ocorreu a reunião de janeiro da Comissão Representativa, quando foram empossados os vereadores João Kaus (PMDB) e pastora Lorena (PSDB) que substituíram os parlamentares Marta Zanela (PMDB) e pastor João Chaves (PSDB), respectivamente. 

Câmara de Vereadores devolverá R$ 3 milhões à prefeitura de Santa Maria

Marta e Chaves são secretários de município no governo Pozzobom. Ela assumiu a Culturas, Esportes e Lazer e ele está à frente da pasta do Desenvolvimento Social. A abertura do ano do Legislativo será em 20 de fevereiro e conta, tradicionalmente, com o discurso do prefeito eleito.

Obra da Câmara

O calcanhar-de-aquiles do Legislativo, a obra de ampliação da Casa, que segue parada desde 2013, está na lista de assuntos a ser analisados pelo presidente da Câmara, Admar Pozzobom (PSDB). 

– Primeiro, preciso saber a real situação da obra (do prédio). Antes de sinalizar com qualquer coisa – comenta o tucano, sem fixar data ou prazos para deliberar sobre o tema.

Oposição

O vereador do PT Luciano Guerra ocupou a tribuna para cobrar agilidade do novo prefeito em resolver problemas de infraestrutura dos distritos. 

– Me preocupa, que no primeiro momento em que assume a cadeira de prefeito, ainda não tem nenhuma ação para o interior – afirmou Guerra.


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPara festejar o Dia dos Avós, poste uma foto com eles nas redes sociais https://t.co/2xY2pOq7le https://t.co/EFO4dedLychá 15 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMQuais as melhorias que 11 escolas de Santa Maria farão com dinheiro que receberam do governo https://t.co/Q3mmk8VM1W https://t.co/kHuLK2x6s0há 17 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros