Governo Pozzobom quer uma "radiografia" da máquina pública em três meses - Diário de Santa Maria

Prefeitura03/01/2017 | 07h01Atualizada em 03/01/2017 | 07h01

Governo Pozzobom quer uma "radiografia" da máquina pública em três meses

Avaliação preliminar é que situação financeira é positiva, mas não confortável

Governo Pozzobom quer uma "radiografia" da máquina pública em três meses Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

O chamado de núcleo duro da gestão Pozzobom/Cechin – encabeçado por Guilherme Cortez, Alexandre Lima e Pippi Brisola – deve ter, em até três meses, ¿uma radiografia de toda a máquina pública¿. Alexandre Lima, que está à frente da Controladoria e Auditoria Geral, destaca que a situação financeira deixada pelo antecessor José Haidar Farret (sem partido) é positiva. Mas está longe de ser confortável e, justamente por isso, será preciso viabilizar medidas severas de austeridade, objetivando duas prioridades: investir maciçamente na saúde e garantir a folha de pagamento dos servidores do município em dia.

Pozzobom dá a largada no comando da prefeitura de Santa Maria

– Santa Maria, felizmente, está com um cenário financeiro infinitamente melhor do que muitos municípios gaúchos e do Brasil. Mas temos de ser responsáveis e fazer ajustes para que tudo transcorra dentro da legalidade e com máximo rigor ao dinheiro público – diz Lima.

"Um currículo gigantesco"

No primeiro dia, o secretariado de Pozzobom tomou pé da realidade das pastas. Os comentários entre alguns novos titulares das secretarias traz preocupação e, até mesmo, um certo grau de estarrecimento. A largada inspira cuidados em, pelo menos, três pastas, conforme alguns secretários ouvidos pela reportagem: Desenvolvimento Social, Infraestrutura e Saúde. Os rumores dão conta de que os problemas nessas pastas vão desde servidores que não cumpririam horário a convênios onde ¿há dinheiro indo para o rolo¿, passando por ausência de patrimônio.

Pozzobom elenca as prioridades para a saúde ao longo de 2017

Com a casa sendo arrumada, Pozzobom quer promover uma ampla economia com aluguéis, que atualmente sediam parte da administração municipal, o que, por ano, chega a quase R$ 2 milhões. Assim, a Mobilidade Urbana deve sair do Centro Administrativo e ir para a Gare, na Avenida Rio Branco. As secretarias da Cultura, Esportes e Lazer e da Educação ficarão no prédio da SUCV, no Centro.

Pozzobom em dose dupla na política de Santa Maria 

As pastas de Desenvolvimento Econômico, Turismo e o Instituto do Planejamento (Iplan), sediados atualmente no prédio da Cacism, deverão sair de lá porque os espaços são alugados.  Os novos locais das duas pastas ainda estão indefinidos.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Especial Copa Santiago: entre histórias e sonhos, o maior torneio de futebol juvenil da América do Sul: https://t.co/phdGY…há 20 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Casamento de Maria Portela reunirá judocas olímpicos e da Seleção em Santa Maria: https://t.co/QtbubKptGn @diariosm @MahPo…há 1 diaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros