66 pessoas já tiveram benefício do INSS cancelado em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Seguridade31/01/2017 | 07h30Atualizada em 31/01/2017 | 16h46

66 pessoas já tiveram benefício do INSS cancelado em Santa Maria

Pente-fino contra fraudes no auxílio-doença e aposentadorias por invalidez já revisou 92 processos em Santa Maria

66 pessoas já tiveram benefício do INSS cancelado em Santa Maria Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

O pente-fino do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) contra fraudes ou concessão indevida no auxílio-doença e em aposentadorias por invalidez já traz efeitos em Santa Maria. O motivo é que quase 72% dos segurados que já passaram pela revisão tiveram o benefício cancelado na cidade.

Saiba quais são os setores que mais vão gerar empregos em 2017

De acordo com o chefe do serviço de Benefícios do INSS, na Gerência Executiva de Santa Maria, Micael Bacellar, até a última sexta-feira, 92 processos já haviam sido revisados na cidade durante as duas Medidas Provisórias autorizadas pelo governo. Desse total, 66 tiveram o benefício cancelado.

Prefeitura de Santa Maria quer cobrar IPTU de todos os puxadinhos e imóveis irregulares a partir de 2018

Segundo Bacellar, durante a perícia, o médico perito é responsável por verificar a incapacidade da pessoa para o trabalho. Ao perito, não cabe o diagnóstico, mas a análise dos documentos médicos levados pelo cidadão e um check-up, para constatar se as condições do beneficiário condizem com os atestados médicos. É a partir disso que é definido se a pessoa está ou não capaz de exercer sua função original.

– O médico faz a verificação e, conforme for a condição, ele toma a decisão. Nos casos em que houve o cancelamento, o que ocorreu é que foi constatado que a incapacidade da pessoa já havia cessado e não condizia mais que a pessoa recebesse o benefício – explica Bacellar.

FOTOS: Obra do novo shopping de Santa Maria entra na reta final

Além dos 66 benefícios cancelados, outros dois foram indicados para reabilitação profissional e 14 foram indicados para a aposentadoria por invalidez (veja no quadro).De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, em Santa Maria são 2.025 beneficiários do auxílio-doença que estão dentro dos critérios para serem chamados para revisão, além de outros 2.818 cadastros de aposentadoria por invalidez.

O pente-fino

O pente-fino foi iniciado em 2016 e atinge quem recebe o auxílio-doença há mais de dois anos sem a realização de novas perícias, além dos beneficiários por mais de dois anos da aposentadoria por invalidez e que tenham idade inferior a 60 anos.

Empresa de Santa Maria abre franquia em Porto Alegre e tem plano ousado de expansão

A convocação está ocorrendo por meio de carta, e o segurado terá cinco dias para agendar a perícia, pelo telefone 135. Caso a pessoa não seja encontrada, o chamamento ocorrerá através de edital público em jornais de grande circulação. Se o beneficiado não for localizado, a vantagem será suspensa por 30 dias e, após esse prazo, cancelada.






 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Inter-SM reencontra o União-FW no último amistoso da pré-temporada: https://t.co/AjyMSiNzT9 @diariosm https://t.co/QU5bJwv…há 1 diaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM8 opções para quem quer sair de casa, mas não quer pular Carnaval: https://t.co/acMF1d0WsX https://t.co/a7QfeFPQdAhá 1 diaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros