Vereadores eleitos apontam as prioridades para a próxima legislatura em Santa Maria - Diário de Santa Maria

Bandeiras de trabalho01/12/2016 | 08h31Atualizada em 01/12/2016 | 08h31

Vereadores eleitos apontam as prioridades para a próxima legislatura em Santa Maria

Saúde, educação, segurança e infraestrutura constam na lista dos 21 eleitos 

Vereadores eleitos apontam as prioridades para a próxima legislatura em Santa Maria Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

A um mês do começo da nova legislatura (2017-2020), os 21 vereadores que estarão na Casa, a partir de 1º de janeiro, apresentam suas 16 bandeiras para a largada do mandato. Dos eleitos, 11 já ocuparam um cargo na Câmara e os outros 10 irão estrear em um Legislativo que tem a marca da renovação. Saúde, educação, segurança pública e infraestrutura estão entre as áreas consideradas como prioritárias para a próxima legislatura. 

Câmara de Vereadores devolverá R$ 3 milhões à prefeitura de Santa Maria

Nos discursos aparecem desde as demandas do homem do campo à "defesa da obra de Deus". O parlamento também promete fiscalizar o Executivo Municipal. Cada vereador recebe R$ 9.641,03 mensais. 

O que muda na Câmara de Vereadores de Santa Maria com os novos eleitos

Na prática, o vereador tem um papel engessado, ou seja, com pouca margem de fazer algo. Eles são os responsáveis pela elaboração das leis municipais com as diretrizes que devem ser seguidas pelo Executivo e Legislativo e também pelos moradores da cidade. Porém, não podem propor projetos de lei ou matérias que venham a criar gastos à prefeitura. 

Conheça os 21 vereadores eleitos em Santa Maria

Segundo o cientista político da Universidade de Brasília (UnB) Paulo Kramer, o vereador tem o papel de agente fiscalizador permanente da prefeitura.

– Em geral, os municípios já contam com muitas leis. Por isso, um vereador não precisaria, em tese, criar mais leis. O que acontece, por parte de muitos vereadores, é uma confusão do que realmente lhe compete. Aí, o que acontece: o vereador se envolve em questões menos relevantes, como comendas, demandas festivas e comemorativas e dá pouca atenção para questões mais relevantes e que são demandas básicas – observa.

O antes e o depois

Durante os quatro anos de mandato, os vereadores são a ligação entre o povo e o prefeito. Isso quer dizer que, em tese, eles teriam de ouvir o que os eleitores querem e, por consequência, propor ações e aprovar esses pedidos. 

– Vereador fiscaliza as ações do prefeito e verifica se está sendo feito bom uso do dinheiro público – diz Kramer.


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 7 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 7 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros