Novo prefeito de Santa Maria quer mexer no orçamento municipal - Diário de Santa Maria

Prefeitura03/11/2016 | 09h35Atualizada em 03/11/2016 | 15h40

Novo prefeito de Santa Maria quer mexer no orçamento municipal

Projeto foi encaminhado ao Legislativo por Farret e prevê R$ 690 milhões em 2017

Novo prefeito de Santa Maria quer mexer no orçamento municipal Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

A Lei Orçamentária Anual (LOA), que fixa a receita e a despesa do município para 2017, começou a tramitar na Câmara de Vereadores desde a última segunda-feira, quando foi enviada pelo Executivo municipal. Na última década, o orçamento municipal teve uma evolução constante, chegou a dobrar de valor, mas a tendência de crescimento foi travada pelo cenário de crise estadual e nacional. 

Consultas serão resolvidas em um ano, promete Pozzobom

Neste ano, o orçamento previsto era de R$ 648,2 milhões, porém, a expectativa não foi confirmada por uma série de fatores que diminuíram a receita municipal, como queda de arrecadação e menos verbas federais. Com isso, a prefeitura estima fechar 2016 em R$ 584,7 milhões. Ou seja, com R$ 63,5 milhões a menos do projetado. Em função desse cenário, no mês passado, o prefeito José Haidar Farret anunciou a redução de metade dos gastos com horas extras, entre outras medidas. 

Jorge Pozzobom inclui a prefeitura de Santa Maria no currículo

Para 2017, a LOA prevê um orçamento de R$ 690 milhões. O novo prefeito eleito Jorge Pozzobom (PSDB) se reúne hoje com os vereadores eleitos e, nos próximo dias, com os integrantes da atual bancada para pedir que os vereadores apresentem emendas ao orçamento para facilitar o começo de seu governo.

Na disputa mais acirrada do Brasil, foi Pozzobom (PSDB) quem levou a melhor à prefeitura de Santa Maria

– Vou pedir o apoio de todos os vereadores para mexer no orçamento. Vou tirar dinheiro por meio de emendas por meio dos vereadores para garantir R$ 5 milhões para colocar na Saúde. Ainda quero criar um fundo de reserva, em torno de R$ 3 milhões, para uso em problemas emergenciais – diz Pozzobom.

Reforma à vista

O novo prefeito planeja apresentar uma reforma administrativa e fazer remanejamentos no orçamento. A ideia é reduzir o número de secretarias, extinguindo algumas, aglutinar outras pastas, como Turismo, Esporte e Lazer, e retirar o dinheiro de outras para a saúde, por exemplo. 

Segundo a assessoria da prefeitura, Farret encaminhou a LOA estimando "receitas e despesas de forma a dar a sustentação financeira necessária para que o próximo prefeito, que assumir em 1º de janeiro de 2017, possa trabalhar com austeridade". Agora, o projeto deve passar por análise de comissão, deverá ser chamada audiência pública para debater o orçamento e abrirá prazo para emendas dos vereadores até que a LOA seja aprovada no Plenário do Legislativo Municipal.






 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMConfira as vagas de empregos do Sine para segunda-feira em Santa Maria https://t.co/keWO2QnuTn https://t.co/eGx5HrXDVkhá 8 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM34 coisas para fazer em Santa Maria e região neste final de semana https://t.co/c11n0S8KbU https://t.co/9o1wex3ugUhá 9 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros