Lojas oferecem 85 vagas de emprego temporário no Centro  - Diário de Santa Maria

Comércio no centro11/11/2016 | 08h15Atualizada em 11/11/2016 | 17h11

Lojas oferecem 85 vagas de emprego temporário no Centro 

Diário percorreu 141 estabelecimentos na área central da cidade e descobriu que 24 deles já oferecem oportunidades de trabalho neste final de ano. Confira cargos, exigências e salários

Lojas oferecem 85 vagas de emprego temporário no Centro  Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Não é novidade que a oferta de trabalho está reduzida. Mas, apesar disso, há uma boa notícia: em Santa Maria, mesmo com a crise, algumas lojas irão contratar temporários para ajudar no final de ano. Conforme os lojistas, houve redução nas contratações. Mesmo assim, são pelo menos 85 vagas para temporários nas lojas do Centro.

Se gasolina baixar em Santa Maria, será apenas na semana que vem

Entre terça-feira e ontem, o Diário fez um levantamento nos estabelecimentos do Calçadão e da Acampamento. Foram 141 locais consultados, entre lojas de confecção, calçados, móveis e eletrodomésticos, farmácias, óticas, bares, loterias e salões de beleza. Desses, 24 estão recebendo currículos e com vagas abertas para temporários. A maioria das vagas é em loja de confecção e para o cargo de vendedor, mas há também para setores administrativos. As lojas Grazziotin, a Renner e a América têm 10 vagas cada, sendo as que mais irão contratar. Apesar de serem oportunidades com período definido, há a possibilidade de efetivação em algumas.

Custo de vida não subia tão pouco em Santa Maria desde 2007

Conforme os lojistas, a expectativa é de movimento maior em dezembro, o que deve ser positivo para as contratações.
– Temos um preço em conta, crediário próprio. Tudo ajuda para vender – diz Washington Moreira, gerente da América.

Em algumas lojas, como a Riachuelo e a Gang, a seleção para temporários já foi feita. Em outros, como nas óticas e farmácias, as empresas optam por não fazer contratação temporária, assim como em locais menores.

Crise afetou

Muitos gerentes afirmaram que não irão contratar temporários, pois as vendas estão muito baixas. Segundo eles, em função do baixo movimento, não há necessidade de mais funcionários.

Lojas de móveis e eletro, que costumavam contratar, também devem trabalhar com o quadro que têm. Segundo o gerente da Magazine Luiza, Juliano Kaller, mesmo com movimento, não haverá vagas:

– Dezembro exige mais, mas vamos nos adequar. Vamos investir menos e fazer o trabalho com a equipe que temos.

Dos locais consultados, pelo menos quatro não quiseram falar com a reportagem. Outros, até quinta, não sabiam se contratariam funcionários temporários. 

>> CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A IMAGEM EM TAMANHO AMPLIADO <<

Foto: arte dsm / ag. rbs

>> CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A IMAGEM EM TAMANHO AMPLIADO <<

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMConfira as vagas de empregos do Sine para segunda-feira em Santa Maria https://t.co/keWO2QnuTn https://t.co/eGx5HrXDVkhá 8 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM34 coisas para fazer em Santa Maria e região neste final de semana https://t.co/c11n0S8KbU https://t.co/9o1wex3ugUhá 9 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros