Jorge Pozzobom inclui a prefeitura de Santa Maria no currículo - Diário de Santa Maria

Eleições 201631/10/2016 | 14h30Atualizada em 31/10/2016 | 14h30

Jorge Pozzobom inclui a prefeitura de Santa Maria no currículo

Tucano venceu confronto no 2º turno, derrotando o petista Valdeci por 226 votos

Jorge Pozzobom inclui a prefeitura de Santa Maria no currículo Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

Depois de amargar uma derrota na eleição para prefeito em 2012, Jorge Pozzobom (PSDB) teve, enfim, a tão sonhada chance. De 1º de janeiro de 2017 até 31 de dezembro de 2020, o tucano será o novo chefe do Executivo em Santa Maria. Na estreia da eleição em duas etapas na cidade, Pozzobom recebeu o voto de confiança de 73.003 santa-marienses, que colocaram em suas mãos a missão de, pela primeira vez, administrar Santa Maria. Ele derrotou Valdeci Oliveira (PT), que levou 72.777 dos votos. Foi apenas 0,16% de diferença nos votos válidos.

Deni Zolin: Após vitória apertada, Jorge Pozzobom terá 4 anos para mostrar a que veio

Quando resolveu se arriscar na vida política, Pozzobom era um jovem estudante de Direito da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A família não via a ¿veia política¿ nele, pois, apesar de sempre ser uma pessoa muito falante e agitada, não era comprometido com as causas públicas. O interesse nasceu de repente, vindo do incentivo do advogado Edson Domingues que, em 2000, depois de ter concorrido a vereador, disse que não se candidataria novamente. Dali em diante, Pozzobom se lançou à política. Resolveu se candidatar ao Legislativo, herdando o número 45678 (que era do ¿doutor Domingues¿, como carinhosamente Pozzobom chama o tucano histórico).

Persistência na trajetória

Assim como para prefeito, a vitória para a Câmara não aconteceu na primeira eleição. Naquele ano, ficou como suplente e foi com a ajuda da mulher, Janice Bogado, 38 anos, que dividiu a tristeza de não ter sido eleito:

 – Ele ficou muito mal, chorava no sofá – relembra.

Calmaria na estreia do segundo turno em Santa Maria

Pozzobom acabou assumindo o cargo nos dois últimos anos do mandato. E foi Janice também que esteve junto dele quando o tucano teve a primeira vitória nas urnas: em 2004, quando, ao disputar novamente o cargo no Legislativo, elegeu-se. De lá para cá, foi secretário nos governos Yeda (PSDB) e Schirmer (PMDB). Há dois mandatos, ocupa uma cadeira na Assembleia Legislativa e, a partir de agora, passa a ter no currículo o almejado cargo de prefeito.

Especialista avalia a votação em segundo turno em Santa Maria


Na trajetória de vida, além da mulher, os pais Albino, 81, e Maria Thereza, 77, e as filhas, Rafaela, 19, e Victória, 10, dividem com ele os desafios e as conquistas. Dedicado à família, Pozzobom está sempre pronto para acompanhar a mulher e as filhas nas atividades que elas planejam. É uma pessoa que reserva algumas horas da madrugada para ¿rascunhar os projetos da vida e da política¿, conta Janice, e que tem como principal característica a solidariedade, que ¿é o que movimenta ele¿.

Os desafios que o novo prefeito de Santa Maria terá pela frente

Aos poucos, o Pozzobom expansivo e de temperamento forte, vai dando a lugar a um novo Pozzobom, com mais ¿responsabilidade e maturidade¿, como ele mesmo define, e que vai ¿governar essa cidade sem brigar¿. 

As promessas de um novo caminho

O tom propositivo, com foco nas promessas que pretende implementar, foi o destaque da campanha eleitoral de Pozzobom. Sempre enfatizando que é ¿um novo caminho¿ e que pretende governar com ¿respeito ao dinheiro público¿, o tucano buscou sustentar suas promessas em três pilares principais: a saúde, a segurança pública e a geração de emprego e renda. E é nessas três áreas que pretende dar prioridade a partir de 2017, quando o assume o comando de Santa Maria.

Em apuração eletrizante e apertada, Jorge Pozzobom vence com pequena vantagem no final

Na saúde, quer viabilizar o projeto ¿Mutirão Fila Zero¿, com a contratação emergencial de 50 médicos, 50 enfermeiros e 50 técnicos em enfermagem. Para implementar a iniciativa, pretende extinguir pastas e utilizar recursos da Secretaria de Comunicação.

Na área da segurança, pretende elaborar um Plano Municipal de Segurança, em que contará com a colaboração dos órgãos de segurança. Além disso, tem planos de criar um Centro de Monitoramento.

E para gerar emprego e renda, Pozzobom aposta no projeto ¿Poupa Tempo Santa Maria¿, em que pretende agilizar a emissão de alvarás para os cerca de 700 estabelecimentos que aguardam a medida na cidade. Também irá investir recursos em infraestrutura no Distrito Industrial (DI).

Para governar, o tucano conta com a maioria da Câmara de Vereadores. Pozzobom garante que terá 11 dos 21 parlamentares, sendo quatro do PSDB, um do DEM, um do PSD, três do PMDB, dois do PP.

Linha do tempo

Confira uma retrospectiva da vida pessoal e política de Jorge Pozzobom, 46 anos, eleito prefeito após perder o pleito de 2012:

Foto: Arte Manuela Balzan / DSM


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 3 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 3 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros