Inflação desacelera em Santa Maria pelo segundo mês consecutivo - Diário de Santa Maria

Custo de vida13/10/2016 | 08h56Atualizada em 13/10/2016 | 12h46

Inflação desacelera em Santa Maria pelo segundo mês consecutivo

Redução dos valores dos aluguéis contribuiu para queda do custo de vida

Inflação desacelera em Santa Maria pelo segundo mês consecutivo Germano Rorato/Agencia RBS
Redução no preço dos aluguéis contribuiu para a queda na inflação da cidade Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Pelo segundo mês consecutivo, a notícia é boa para os santa-marienses: em setembro, assim como em agosto, a inflação desacelerou na cidade.

Os dados são da pesquisa realizada pelo Laboratório de Práticas Econômicas (Lape) do Centro Universitário Franciscano (Unifra). De acordo com o boletim, o Índice do Custo de Vida de Santa Maria (ICVSM) teve variação de 0,23% no último mês, ou seja, a menor inflação registrada no ano. Assim, o acumulado em 2016 chega a 7,54% e, nos últimos 12 meses, a 10,39%.

Prazo para acompanhamento de saúde do Bolsa Família vai até o fim do mês

Entre os fatores que contribuíram para a baixa, estão a estabilização nos preços dos alimentos e a queda nos valores dos aluguéis. No primeiro caso, a variação foi de apenas +0,01% e, no segundo, houve uma redução de -3,5% nos preços. De acordo com o economista e coordenador da pesquisa Mateus Frozza, com relação aos alimentos, a estabilidade é explicada por fatores sazonais. 

– Apesar da alta do subgrupo do queijo, os preços dos alimentos deram uma travada, praticamente não variaram. Estamos em um período de entressafra: o que antes pesava, como a carne, tende a cair o preço quando muda a estação. A tendência é que o preço desse produto, e também do leite, se dilua ainda mais nos próximos meses. Tudo que tinha que subir, já subiu – explica o economista.

Quatro dos 10 maiores municípios da região não garantem pagar o 13º dos servidores

Já nos preços dos aluguéis, a grande oferta de imóveis foi a responsável por reduzir os preços:





– Se a gente olha nos prédios, o que mais tem é apartamentos para alugar. É uma questão motivacional de oferta. Temos muita oferta de imóveis e a possibilidade de escolher nas mais diversas variáveis, e isso regula os preços.

Candidatos à prefeitura de Santa Maria respondem 20 questões sobre diferentes temas

De acordo com o ICVSM, o grupo comunicação e o subgrupo dos combustíveis foram os que mais pesaram durante o último mês. Conforme Frozza, no primeiro caso, em que a variação subiu em média +1,59%, a fusão da Claro e da Net é a explicação, visto que a parceria das empresas reajustou para cima os valores dos planos fornecidos. No caso dos combustíveis, a gasolina comum (+1,6%), o óleo diesel (+1,4%) e o etanol combustível (+3,2%) registraram aumento.

 Para o próximo mês

 Segundo o economista, outubro também deve registrar outra baixa na inflação, em função da energia, já que a bandeira tarifária estará na cor verde, portanto, sem cobrança extra para os consumidores. Além disso, há também uma expectativa de possível redução nos juros, mas, nesse caso, a baixa da inflação não necessariamente significa algo positivo.

Prefeitura de Santa Maria não está quebrada, afirma secretária de Finanças

– Quando há redução nos juros, a tendência é de que as pessoas passem a consumir mais e a inflação tende a subir. Mas, se a inflação baixar, significa que é a quantidade de desempregados que está pressionando, aí não é positivo – complementa o economista.






 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Soldiers vence Snakes, conquista o título da Copa RS e garante a hegemonia gaúcha em 2016: https://t.co/T6YlRR6Y4s @smsold…há 6 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMulher é assassinada na região oeste de Santa Maria https://t.co/PjnX8VoQqu https://t.co/xgnVH6iXCChá 1 diaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros