Deni Zolin: Após vitória apertada, Jorge Pozzobom terá 4 anos para mostrar a que veio - Diário de Santa Maria

Opinião31/10/2016 | 10h30Atualizada em 31/10/2016 | 10h38

Deni Zolin: Após vitória apertada, Jorge Pozzobom terá 4 anos para mostrar a que veio

Tucano foi eleito prefeito de Santa Maria, mas terá de mostrar trabalho para cumprir as promessas de campanha e convencer também a quase metade de eleitores que não votaram nele

Deni Zolin: Após vitória apertada, Jorge Pozzobom terá 4 anos para mostrar a que veio Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

A apuração foi eletrizante, chegando a ficar em só 108 votos de diferença, e o resultado, muito apertado. Neste domingo, 157.981 que foram às urnas, mas a vantagem de Pozzobom foi de só 226 votos, o que revela o grau da polarização da cidade. Pozzobom teve seus méritos na vitória. Conseguiu amenizar seu estilo ¿afoito¿ e passar mais serenidade, não tem suspeitas de corrupção contra ele e agiu mais agressivamente só no final.

Na disputa mais acirrada do Brasil, foi Pozzobom (PSDB) quem levou a melhor à prefeitura de Santa Maria

O tucano tem méritos também por costurar apoios importantes, por ter escolhido Cechin como vice para conquistar mais votos na periferia, e por conseguir, na reta final, colocar em xeque a imagem de Valdeci para uma parcela de eleitores. Adotou uma tática semelhante à de Dilma, de desconstruir a imagem do adversário, o que foi visto por alguns como ação desesperada. 

Na terceira disputa à prefeitura, Valdeci Oliveira (PT) conhece a derrota

Ao citar a suposta dívida de Valdeci, relembrar os escândalos de corrupção do PT no Brasil e até um caso envolvendo desvios do Centro de Cultura Integrada no governo de Valdeci, o tucano pode ter feito com que uma parte dos eleitores ficasse com medo de colocar o PT na prefeitura. 

Os desafios que o novo prefeito de Santa Maria terá pela frente

Além disso, quando havia só 1º turno, o PT nunca tinha feito mais do que 33% dos votos na cidade, enquanto Schirmer chegou a fazer 54% – o que indicava um teto de votos de esquerda. No sábado, o PT divulgou pesquisa nas redes sociais, com possível vitória de Valdeci, o que pode até ter contribuído para fazer com que alguns eleitores antipetistas fossem às urnas para votar em Pozzobom.

Prático e acelerado, o novo prefeito é devoto dos pais e da família

Agora, o tucano terá quatro anos para provar que não tem só um discurso para vencer eleições, mas que suas promessas são factíveis. Diante da crise nas contas públicas, o desafio é hercúleo para melhorar a educação, a saúde, a segurança e as ruas. Porém, ele aceitou a tarefa e não poderá vir com desculpas. A população estará muito atenta, e o novo prefeito terá de atender, inclusive, os pedidos e as cobranças de quase metade dos eleitores que não votou nele.

Entre ataques e afagos

Antes do debate de sexta, na RBS TV, os dois candidatos tiraram uma selfie juntos Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

Os últimos dias de campanha e o debate da RBS TV, na sexta, tiveram ataques entre Pozzobom e Valdeci. Porém, nos bastidores do debate, o clima era ameno. Ambos fizeram até selfie juntos. Resta saber se a amizade que tinham antes das eleições sairá arranhada, já que o tom das críticas foi pesado. No debate, Pozzobom repetiu muito que Valdeci devia R$ 5 milhões à prefeitura, o que petista negou, e depois, disse que recorreu na Justiça. 

Já Valdeci disse que Pozzobom votou contra o shopping popular e que ganhou por diárias da Assembleia até quando foi a cidades vizinhas. Os ataques seguiram no sábado. A equipe da campanha do petista publicou no Facebook uma mensagem particular enviada por Pozzobom a Valdeci em que o tucano comentava uma notícia de que Valdeci estaria inelegível. 

O tucano dizia, na mensagem, que sabia que ¿não era verdade¿ e que havia pedido aos vereadores e apoiadores do PSDB a não tocarem no assunto. A publicação de mensagem privada gerou trocas de farpas entre tucanos e petistas. 

Duas pesquisas eleitorais foram divulgadas e mostraram resultados opostos

No sábado, os candidatos divulgaram, nas redes sociais, os resultados de duas pesquisas registradas no TSE. Uma indicava vitória de Valdeci (57,2% a 42,8%) e outra mostrava empate técnico, mas com Pozzobom com 50,2% e o petista com 49,8% – o resultado nas urnas foi de 50,08% a 49,92%.

O que intriga é o seguinte: no TSE, os institutos informaram que as pesquisas custaram R$ 32 mil e R$ 15 mil, mas que eles próprios eram os contratantes. Como assim? Fizeram de graça?

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMQuanto custa o sorvete na área central de Santa Maria https://t.co/Xfpfj2nX6p https://t.co/ccrGap9fsehá 8 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPor que está difícil encontrar o suspeito de cometer chacina em Pinhal Grande https://t.co/Wz6zXMAcC2 https://t.co/0uBCRnNHkyhá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros