Como fica a fábrica em Santa Maria após a venda da Parati para a Kellogg - Diário de Santa Maria

Investimento14/10/2016 | 11h19Atualizada em 14/10/2016 | 11h28

Como fica a fábrica em Santa Maria após a venda da Parati para a Kellogg

Segundo assessoria da Parati, a nova indústria não foi incluída no pacote de venda

Como fica a fábrica em Santa Maria após a venda da Parati para a Kellogg Maiara Bersch/Agencia RBS
Foto: Maiara Bersch / Agencia RBS

O grupo catarinense Parati Alimentos, que está construindo nova fábrica em Santa Maria, foi vendido por R$ 1,38 bilhão. A compradora é a norte-americana Kellogg Company, líder mundial de cereais e 2ª maior produtora de biscoitos, cookies e snacks salgados do mundo. A aquisição, feita pela Kellogg através de sua subsidiária Pringles, está sujeita ao cumprimento de algumas condições, incluindo aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Porém, a assessoria da Parati confirmou que a nova fábrica Dátia Alimentos, que está sendo construída no Distrito Industrial de Santa Maria, não foi vendida à Kellogg.

Fundada há 40 anos em São Lourenço do Oeste (SC) pelo imigrante italiano Angelo Fantin, a Parati tem 3,2 mil funcionários e produz 120 mil toneladas de biscoitos, cereais e refrescos por ano, num faturamento anual de R$ 600 milhões. Entre as marcas, estão Trink, Hot Cracker, Minueto, Zoo Cartoon, Parati, Pádua, Bom de Bola, Radkau e Granofibra.

A Parati abriu filial em Santa Maria em 1998, chamada Pádua Alimentos, num prédio da antiga Dimed, com incentivos da prefeitura aprovados na gestão Osvaldo Nascimento. A empresa chegou a ter mais de 230 funcionários aqui e fabricava suco Trink para exportação, além de achocolatado em pó e chicletes. 

Em 2005, a Parati anunciou que construiria uma grande fábrica, para 500 funcionários, no DI, mas o plano atrasou. No ano passado, a obra começou, enfim, com investimento de R$ 4,6 milhões. Agora, o prédio está pronto, mas falta instalar o maquinário, que fabricará massas gourmet. A previsão inicial é abrir com 40 funcionários, mas não há data para inauguração.

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMSuspeito de integrar movimento neonazista é preso em Cruz Alta https://t.co/HlPiwvvtk9 https://t.co/EtWLEXWtgEhá 7 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMEstudantes começam a desocupar prédios da UFSM https://t.co/fHTMnU4nv0 https://t.co/uC8MlLQBGhhá 7 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros