Última reportagem apresenta a opinião de 24 candidatos à Câmara sobre temas polêmicos - Diário de Santa Maria

Eleições 201623/09/2016 | 09h06Atualizada em 26/09/2016 | 09h52

Última reportagem apresenta a opinião de 24 candidatos à Câmara sobre temas polêmicos

Série especial apresenta também o perfil dos concorrentes e os projetos que eles pretendem desenvolver para melhorar Santa Maria se forem eleitos

Última reportagem apresenta a opinião de 24 candidatos à Câmara sobre temas polêmicos Reprodução/
Foto: Reprodução

Saber como pensa um candidato que disputa um cargo eletivo é uma boa saída para quem está indeciso diante do  grande número de concorrentes ao Legislativo municipal. Com a intenção de ajudar o eleitor, o Diário elaborou um questionário, que foi enviado a 217 pessoas que disputam uma das 21 cadeiras da Câmara de Vereadores. Dos seis que não receberam, três já haviam desistido de concorrer, dois não foram localizados (Daniele Caurio Farret e Rosevelte Luiz Mello Sobroza) e um não quis participar.

O posicionamento de concorrentes à Câmara de Santa Maria sobre temas polêmicos

Aos concorrentes, foram propostas 18 perguntas: algumas sobre informações pessoais e profissionais e, outras, pediam o posicionamento dos candidatos, a favor ou contra, em relação a temas polêmicos, como a redução da maioridade penal, a pena de morte para crimes hediondos, a descriminalização da maconha e a legalização do aborto.

Confira a opinião de mais 40 candidatos à Câmara sobre temas polêmicos


Além disso, os candidatos avaliaram o salário de vereador em Santa Maria e relataram o que pretendem fazer por Santa Maria, em até cinco palavras.Nesta edição, que encerra a série especial com a respostas dos concorrentes, está apresentada, pela ordem das convenções partidárias, a quarta e última lista, com candidatos, da coligação Santa Maria que Olha para Frente (PMDB, PSD e PV).

Os números

Dos 217 candidatos que receberam o questionário, 106 responderam às perguntas. O posicionamento a respeito dos assuntos polêmicos foi bastante diversificado, assim como os projetos que eles pretendem desenvolver na Câmara de Vereadores. A maioria foi contrária a projetos que dão nomes a ruas e criam datas comemorativas e avaliou como ¿muito¿ alto o salário de um vereador. Com relação ao temas polêmicos, 76,4% são contrários à descriminalização da maconha, e a maioria também é contra a legalização do aborto (veja no quadro abaixo).

Foto: Arte DSM


Mais 18 candidatos à Câmara dão sua opinião sobre temas polêmicos

Apesar da diferença de opiniões, o questionário pode aproximar o eleitor de um determinado candidato. No entanto, segundo a a professora aposentada de Ciência Política da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Mercedes Maria Noguercio Canepa, é preciso que o eleitor fique atento e cobre, no futuro, de seus candidatos:

– Se tivéssemos uma cultura de acompanhar o que os vereadores fazem, tudo seria diferente e muito bom. Mas com relação a todo o comportamento deles. A importância que tem o sujeito lembrar o que o candidato defendeu, se o candidato mudou de opinião e cobrar que ele explique o porquê. Acho que todos devem fazer esse acompanhamento melhor e com relação a tudo que envolve os candidatos.

Foto: Arte DSM
 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMBrigada Militar apreende 300 kg de carne em São Francisco de Assis https://t.co/3KxriyfNP6 https://t.co/BUrKqydgcphá 12 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMPF instaura inquérito civil para investigar causas do acidente com avião da Chapecoense https://t.co/HWtEbVVBgw https://t.co/3cwYP3wtHYhá 14 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros