Saiba qual é o posicionamento de concorrentes à Câmara sobre temas polêmicos para Santa Maria - Diário de Santa Maria

Eleições 201620/09/2016 | 09h02Atualizada em 26/09/2016 | 09h51

Saiba qual é o posicionamento de concorrentes à Câmara sobre temas polêmicos para Santa Maria

106 concorrentes ao Legislativo responderam a questionário sobre temas polêmicos, como aborto e pena de morte, e dizem o que pretendem fazer por Santa Maria

Saiba qual é o posicionamento de concorrentes à Câmara sobre temas polêmicos para Santa Maria reprodução/
Foto: reprodução

Conhecer quem são, o que pensam e como se posicionam os candidatos são informações importantes para decidir em quem votar. Para ajudar o eleitor diante da quantidade de concorrentes e dos perfis totalmente diferentes para o Legislativo Municipal, o Diário elaborou um questionário com perguntas sobre diferentes temas, que foi enviado para 217 dos 223 nomes inscritos para disputar uma das 21 cadeiras da Câmara de Vereadores. Dos seis que não receberam, três já haviam desistido de concorrer, dois não foram localizados (Daniele Caurio Farret e Rosevelte Luiz Mello Sobroza) e um não quis participar.

Quanto cada candidato arrecadou até agora para as campanhas eleitorais em Santa Maria

Todos os candidatos foram contatados por telefone pela reportagem para que fornecessem um endereço de e-mail para terem acesso às perguntas. Os candidatos receberam o questionário entre os dias 6 e 9 de setembro e tiveram até o dia 14 para reenviarem o formulário preenchido.

Veja o que abre e o que fecha no feriado de 20 de setembro em Santa Maria

O Diário publicou reportagem sobre a iniciativa nas edições impressa e digital nos dias 7 e 13 de setembro. Os concorrentes foram convidados a responder a 18 questões, que incluíam informações pessoais e perguntas com temas polêmicos, que são ou já foram tema de amplo debate na mídia.Aos candidatos, foi pedido que respondessem sobre dados pessoais, escolaridade, a formação e profissão, se já exerceu cargo eletivo, se tem familiar estudando em escola pública e se tem plano privado de saúde.

Como deve ser a propaganda eleitoral na TV nos últimos dias da campanha

Também foi questionado o que o candidato fará para melhorar Santa Maria e como avaliava o salário de vereador na cidade. Além disso, eles foram convidados a se posicionar, se eram a favor ou contra, os seguintes temas: a redução da maioridade penal para 16 anos; a pena de morte para crimes considerados hediondos; a descriminalização da maconha e a legalização do aborto. Se acham que os vereadores devem ou não apresentar projetos que dão nome a ruas e criam datas.

Para ajudar

O questionário foi elaborado e enviado pelo Formulário Google e todas as perguntas constavam como de resposta obrigatória, não dando margem para que o candidato deixasse de responder determinada questão. Além disso, as perguntas não tinham espaço para justificativas, sendo necessária apenas a posição favorável ou contrária ao tema.

Santa Maria cria a Comissão de Combate à Corrupção

– Quanto mais informações se tem a respeito da pessoa que se vai votar, melhor. Não adianta o sujeito votar só porque recebeu o santinho e não sabe quem é a pessoa. Tem esse limite do sim ou não, do a favor ou contra, mas é uma informação, e, de alguma maneira, aquele candidato se posicionou – afirma a professora aposentada de Ciência Política da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Mercedes Maria Noguercio Canepa.A partir de hoje até sexta, as respostas serão publicadas na edição impressa. O perfil dos candidatos está apresentado pela ordem das convenções dos partidos, por isso, hoje, constam as respostas dos candidatos do PPL, da coligação SD, PRB, PTC, PSL, PRTB, PTN e PSC e PDT.

Foto: Arte DSM

A análise das respostas dos candidatos

Dos 217 que receberam o formulário, 106 candidatos reenviaram as respostas. Para a professora do departamento de História da UFRGS e doutora em Ciência Política, Céli Regina Jardim Pinto, o número de respostas é considerável, já que, segundo ela, uma hipótese é de que muitos candidatos apenas estão na disputa para "preencher lista".

– Esses que responderam certamente são os que estão concorrendo de verdade. Sempre tem um grupo que realmente está pensando que pode concorrer, ou pode até se tornar conhecido para uma futura eleição. E tem um grupo grande que está ali apenas para preencher a lista, que terá poucos votos, e que não está envolvido na campanha. Não é muito estranho que muitos não tenham respondido. É interessante, depois, ver se os que não responderam se elegeram – pontua.Dos candidatos que responderam, a maioria (37,8%) tem ensino Superior completo. Das 106 respostas, 58,5%, o que representa 62 candidatos, consideraram "muito" alto o valor pago ao vereador em Santa Maria. Nenhum achou "pouco", e 41,5% consideraram "adequado". Em relação ao temas polêmicos, as opiniões também foram divididas. Do total, 59,4% são a favor da redução da maioria penal para 16 anos, e a maioria (67%) é contra a pena de morte para crimes hediondos.

A maioria dos candidatos também foi contra outros dois temas polêmicos: 76,4% não aprovam a descriminalização da maconha e 74,5% não são favoráveis à legalização do aborto. Para Céli, as posições representam as suas ideologias e questões partidárias:

– Essas respostas não representam, de forma alguma, a opinião da população. É a opinião desses candidatos e muito tem a ver com o partido de que eles fazem parte e, também, com o que eles acham que as pessoas querem ouvir. Sabem que o aborto é uma questão polêmica. Dificilmente se colocam a favor, por exemplo.A maior parte dos concorrentes, 94 do total, nunca exerceu cargo eletivo. Os outros 12 que responderam ao questionário são ou já foram vereadores. Ainda, 69 candidatos disseram ter familiar em escola pública, e apenas 39 afirmaram possuir plano privado de saúde.

Especialistas avaliam participação

A maioria dos candidatos que não respondeu ao questionário não justificou o motivo pelo qual não respondeu. No entanto, alguns concorrentes afirmaram que não iriam participar da ação por não concordarem com o método de pesquisa. A principal queixa foi com relação ao formato das perguntas que não possibilitava mais espaço para que os candidatos explicassem suas posições. Para as professoras Céli e Mercedes, essa postura não necessariamente significa que eles não querem se posicionar, ao contrário. Para elas, é uma forma de os concorrentes se protegerem.

– As questões são muito polêmicas. Pode ser que alguns não se sintam à vontade de dizer "eu sou a favor da pena de morte", por exemplo. Se tu és candidato a um cargo eletivo, e tu estás querendo voto, tu não podes simplesmente se expor assim, sem explicar por que. Eles estão se protegendo, e eu acho que esse é o papel deles. Só respondem esse tipo de pergunta pessoas muito definidas que têm uma posição política muito clara – argumenta Céli.

Mercedes ainda complementa:– É até um sinal positivo eles não quererem responder, porque as pessoas têm que ter razões para defender se são contra ou a favor à algo.

Já para o cientista político e professor de Teoria Social da Unipampa, Guilherme Howes, o fato de os candidatos não responderem ao questionário tem duas motivações: uma ligada à estratégia de campanha e outra à cultura política.– Tem a dificuldade na cultura política brasileira de se posicionar. Aqui, nós temos uma cultura de centro, onde as pessoas evitam se posicionar sobre questões tabus, ligadas à sexualidade, vida e morte, religiosidade, por exemplo. Certamente, esses candidatos têm posições, mas, durante a campanha, não se manifestam porque não é vantajoso. Não agrega capital eleitoral. Ao contrário, se a posição que não cai no gosto dos eleitores, só traz prejuízos – diz Howes.

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMConheça os 213 candidatos à Câmara de Vereadores em Santa Maria https://t.co/Wsja2dnTm0 https://t.co/fkfSf04yOGhá 6 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMNoivo faz pedido de casamento em tela de cinema em Santa Maria https://t.co/L0UqKGqZFm https://t.co/g2Uyc83Wsrhá 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros