Líderes de entidades empresariais acreditam que mudança é positiva - Diário de Santa Maria

Opinião01/09/2016 | 05h57Atualizada em 01/09/2016 | 12h57

Líderes de entidades empresariais acreditam que mudança é positiva

Confira a projeção que cada liderança faz do futuro da economia após a decisão do impeachment


Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Logo após o impeachment de Dilma Rousseff, o Diário ouviu lideranças empresariais da cidade sobre a avaliação que fazem da mudança de governo para a economia. Confira o que eles disseram:

Odilo Marion, empresário

Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

"A indústria, em maio, parou de despencar. Temos certeza que, daqui para frente, vai haver crescimento porque estava faltando confiança das empresas. Com certeza, paramos de cair e vamos, até o final do ano, na horizontal. Deveremos decolar na virada do ano. O Brasil está vibrando com a situação, com o fim de um desgoverno. Do que jeito que estava não dava para ficar. Mas a expectativa é que seja melhor. Vai depender um pouco das ações desse governo, que eu tenho certeza que vão ser um tanto duras."

Rodrigo Decimo, presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Santa Maria (Cacism)

Foto: Germano Rorato / Agencia RBS

"Acredito que terá impacto para cidade de forma direta. Com o encaminhamento desse processo e com o governo interino tomando posse, a economia já começou a ter um ânimo diferente, a se movimentar de uma forma positiva. Agora, com a homologação do impeachment, tenho esperança de que possamos ter um 2017 melhor do que foi 2015 e 2016, mas, claro, dependendo muito de o atual governo conduzir de forma séria, cortando na carne tudo que precisa ser cortado e fazendo o que precisa ser feito. Torço para que esse movimento que aconteceu no Brasil tenha servido de exemplo para todos, inclusive para a classe política."

Vilson Serro, presidente da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (Adesm)

Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

"É positiva a decisão no sentido de que a população se conscientizou não só do problema da corrupção, mas de que todo o sistema político precisa ser melhorado. O impeachment deu um choque no país, para mostrar que, do jeito que está, não dá para continuar. O novo governo tem uma visão diferente, mas está em cima dos mesmos costumes da velha política. Se não forem modificadas as leis, eles não vão se modificar. Se a população não exigir mudança, entrará governo e sairá governo e os partidos serão os mesmos. As coisas não vão mudar." 



 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMFOTOS: fim de semana de gastronomia, música e diversidade em Santa Maria https://t.co/iYlSZmsVBE https://t.co/x5Xg8T70i0há 16 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMApocalypse Now será exibido nesta segunda-feira no Lanterninha Aurélio https://t.co/gGC0Esvc3c https://t.co/aTiyIx86eChá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros