Candidatos à prefeitura projetam o futuro dos grandes eventos de Santa Maria - Diário de Santa Maria

Eleições 201627/09/2016 | 09h12Atualizada em 27/09/2016 | 09h16

Candidatos à prefeitura projetam o futuro dos grandes eventos de Santa Maria

Maioria dos prefeituráveis manterá as ações por meio de parcerias, mas evitando emprego de recursos públicos 

Candidatos à prefeitura projetam o futuro dos grandes eventos de Santa Maria Agência RBS/
Foto: Agência RBS

No começo deste ano, Santa Maria já dava sinal de que a crise estava chegando à cidade. A prefeitura cancelou o Carnaval de Rua sob a alegação de que os R$ 600 mil disponíveis para a realização do evento _ valor R$ 200 mil menor do que o projetado inicialmente _ seriam investidos em outros setores com demandas mais urgentes.

Candidatos à prefeitura de Santa Maria percorrem ruas do Centro em cadeiras de rodas


Recentemente, para manter as contas em dia, a prefeitura anunciou corte de 50% nas horas-extras, entre outras medidas de contenção. Diante da previsão de uma queda de R$ 28,2 milhões no orçamento em 2017 em relação ao deste ano, o cenário para o próximo prefeito não é nada animador. Se os assuntos são a cultura e o lazer, então, a perspectiva é de mais cortes.

Saiba qual é o posicionamento de concorrentes à Câmara sobre temas polêmicos para Santa Maria

A projeção da Secretaria de Finanças de Santa Maria é fechar 2016 em R$ 648,2 milhões, e o orçado para 2017 é de R$ 620 milhões. Na prática, ambos os valores devem ficar menores do que o esperado. Mas a diferença entre os montantes, os R$ 28,2 milhões, corresponde ao orçamento total das secretarias de Cultura, de
Turismo e de Esporte.

Quiz: qual candidato tem as propostas que você quer para Santa Maria

Diante da escassez de recursos nos âmbitos federal e estadual e com a perspectiva do mercado de melhora na economia a partir do segundo semestre do próximo ano, a ordem, por enquanto, é investir no que é prioridade.

Como captar recursos

Para o administrador Jean-Pier de Vasconcellos Esquia, especialista em Finanças, Políticas Públicas e Investimentos Estratégicos pela Chicago University, é possível buscar formas de captação desde que haja uma equipe técnica preparada para fazer projetos de obtenção de recursos e, posteriormente, em executá-los de forma satisfatória.

_ Logo que o gestor assume, no primeiro ano, ele cumpre o planejamento do gestor anterior. Economia em crise representa redução na arrecadação e, com isso, redução de valor para investir e, aí, vêm, necessariamente, os cortes. Os candidatos dizem que a população aponta como necessidades prioritárias saúde e segurança. Então, a tendência é que a cultura acabe sofrendo corte porque existem áreas que precisam ser atendidas urgentemente porque atingem mais diretamente o cidadão. Em um período de recessão e de queda na arrecadação, o gestor precisa priorizar. Devem ocorrer cortes, porque a economia, mesmo reagindo no ano que vem, vai demorar para produzir reflexos no orçamento  _ analisa o especialista.

Mas o que os candidatos a prefeito da cidade acham sobre manter ou cancelar eventos em função da crise financeira? O Diário questionou os oito concorrentes ao Executivo sobre a realização de quatro grandes eventos consolidados na cidade: o Carnaval de Rua, a Tertúlia Nativista, o Festival de Balonismo e o Natal do Coração.

A maioria diz que vai buscar alternativas para custear grandes eventos para não investir dinheiro da prefeitura, que deve ser destinado a áreas prioritárias. Confira, abaixo, o que cada um projeta para Santa Maria, a partir do ano que vem, caso vença a corrida eleitoral.





Foto: Arte / DSM
 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMMulher é assassinada na região oeste de Santa Maria https://t.co/PjnX8VoQqu https://t.co/xgnVH6iXCChá 6 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPelos trilhos, chegou o samba em Santa Maria https://t.co/sVGmCS0tNY https://t.co/ICHoOh2gYmhá 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros