Masterchef e o dia em que a roupa importou mais que a comida - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Coluna Cultura28/04/2017 | 13h31Atualizada em 28/04/2017 | 13h31

Masterchef e o dia em que a roupa importou mais que a comida

Colunista faz uma crítica sobre a importância que as pessoas dão a "estar na moda" nas redes sociais


Foto: divulgação / Divulgação

Na última semana, a participante da 4ª temporada do Masterchef BrasilCaroline Martins, fez um desabafo em suas redes sociais. Pelo Twitter, a participante estava sendo julgada pelo público por usar as mesmas roupas em quase todos os programas já exibidos. O atrevimento foi tanto que até uma sugestão de "vaquinha" surgiu para ajudar a participante a ter novas roupas.

Ela não ficou calada e mostrou seu ponto de vista em sua página no Facebook. Lá, conta como deixou de seguir o padrão estético que as pessoas normalmente exigem dos outros, além de reafirmar que não precisamos ter um guarda-roupas cheio de roupas que seguem as tendências e não estarmos felizes.

 

 

Caroline mostrou seu ponto de vista de moda sustentável, que deveria ser levado a sério hoje em dia e não ficar só nas matérias de jornais e revistas de moda. Não é de hoje que se uma pessoa aparece na televisão repetindo roupa (ou até usando uma roupa que outra celebridade já usou) é criticada pelo público e algumas vezes pelos "fashionistas" de plantão.

Foto: pixabay / pixabay

 Vale lembrar que, apesar do Masterchef ser um programa produzido pela Band, os participantes não têm acesso ao figurino da emissora. Eles usam suas próprias roupas e provavelmente não está nas regras "uma roupa diferente por gravação". Sem contar, que apesar de demorar meses para exibir uma temporada, tudo é gravado em poucas semanas. E não dá para esquecer que o jogo avalia a qualidade, criatividade e apresentação da comida. Não a roupa. Quer julgar roupa? Então vai assistir "Project Runway¿!"

Claro, essas discussões não ficam só na televisão. Elas rondam pelas ruas, comentários nos espaços de trabalho e até pelos espectadores do Youtube.
Produzo conteúdo para a plataforma (confira aqui o canal) e, muitas vezes, por facilidade e necessidade, gravo vários vídeos no mesmo dia, e acabo não trocando de roupa. E é incrível ver como isso realmente incomoda as pessoas. Como se tudo o que tivesse falado fosse invalidado pela minha roupa repetida.

 E só para avisar: escrevi esse texto usando a mesma roupa de ontem. Espero que você não fique incomodado com isso.

 

 


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVÍDEO: visite o novo centro de eventos da UFSM sem sair de casa https://t.co/YWDXsZRyHS https://t.co/Jk0OvoWsdthá 1 horaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMInscrições para Vestibular de Inverno da Unifra encerram nesta segunda-feira https://t.co/QO4tTDtAXZ https://t.co/D97xwyYjHFhá 5 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros