Uma série sobre as "pequenas grandes mentiras"  - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Opinião31/03/2017 | 13h31Atualizada em 31/03/2017 | 15h56

Uma série sobre as "pequenas grandes mentiras" 

Colunista de Cultura convida os leitores para assistir o episódio final da série "Big Litlle Lies" e refletir sobre a nossa vida


Foto: HBO / divulgação

Até que ponto sua vida precisa parecer maravilhosa e perfeita?
Você está disposto a mentir sobre seus relacionamentos familiares até que ponto?

Esses são alguns dos temas que conferimos durante a minissérie da HBO "Big Little Lies", que terá seu último episódio exibido no domingo, dia 2.

Baseado no romance "Pequenas Grandes Mentiras", de Liane Moriarty (Editora Intrínseca, 400p), a série traz um elenco com três nomes fortes de Hollywood: Reese WitherspoonNicole Kidman e Shailene Woodley. As três representam mulheres fortes, que administram vida familiar, trabalho e problemas pessoais, que nem sempre podem ser relatados aos familiares e amigos.

Foto: HBO / divulgação

Madeline (Witherspoon) tem duas filhas, já está no segundo casamento e, além disso, é uma das responsáveis pelas produções teatrais da cidade de Monterey. Tentando fugir do padrão das peças atuais ela precisa lutar contra a prefeitura e a "elite" que tem medo de ver marionetes, do musical "Avenida Q", falando sobre sexo.

Em meio a tudo isso, tem sérias brigas com Abigail, sua filha mais velha que decide sair de casa e ir morar com seu pai e a madrasta que tem uma vida mais "liberal", mesmo depois percebendo que não é tanto assim. Porém, ela esconde do marido um segredo do passado, que pode interferir e muito em seu relacionamento estável. E estável é a palavra que pode ter definido esse segredo.

Celeste (Kidman) trabalhava como advogada antes de casar com Perry. Logo quando ficou grávida, ele a convenceu que o "certo" era largar tudo para cuidar da família, afinal, ela estava grávida de gêmeos que iriam necessitar de uma atenção extra. Porém, ela não percebeu que isso tornaria o relacionamento deles doentio, cheio de cobranças, desconfiança e agressões. E ela precisa decidir se vai continuar vivendo esse relacionamento ou não.

Jane (Woodley) talvez tenha a história mais perturbadora da série. Ao chegar a Monterey, ela precisa lidar, logo de cara, com uma acusação na escola contra Ziggy, seu filho. Só que ela não esperava que isso iria perseguir o garoto durante todos os outros dias, até chegar ao ponto de desconfiar das atitudes dele. E o filho ainda questiona muito a mãe sobre a presença do pai, um homem que ela tem muita raiva e rancor. Sua identidade foi revelada à Madeline e Celeste depois de longas conversas.

Foto: HBO / divulgação

Logo que você começa a assistir a série, os episódios podem parecer confusos, pois acontece um vai e volta nos acontecimentos, além de relatos sobre um assassinato, que deve ser revelado no último episódio, incluindo quem morreu e quem matou. Porém, as conexões dos fatos fazem com que a série prenda o espectador e espere pelo desenvolvimento das situações.

O enredo me fez lembrar de como as pequenas mentiras fazem parte do nosso dia a dia, sendo na vida pessoal ou profissional. Porém, temos que aprender a ponderar as situações para não nos metermos em enrascadas e destruir o que amamos e construímos com muito esforço.

Ainda mais em época de redes sociais, cada vez mais fácil ver as pessoas mentindo ou simplesmente se iludindo com uma visão diferente de sua vida. E afinal, de que forma você quer construir sua história?


 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCorpo de funcionário de universidade é encontrado em Santiago https://t.co/PkdN7kyyHK https://t.co/8kfjRZ9Qknhá 8 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPM é condenado por morte de sem-terra durante desocupação de fazenda https://t.co/QwCdE7ezF7 https://t.co/mCqxKFUTEHhá 9 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros