Você ainda tem medo de musicais? - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Opinião03/02/2017 | 13h30Atualizada em 03/02/2017 | 14h08

Você ainda tem medo de musicais?

Colunista do site na temática Cultura, Lúcio Pozzobon abre o debate sobre a falta de tradição dos brasileiros de assistir filmes musicais


Desde 2016, La La Land: Cantando Estações (em cartaz em Santa Maria) vem ganhando destaque na internet por sua participação em festivais internacionais. Quase sempre com comentários positivos sobre a narrativa, o filme retrata a realidade de jovens artistas de Los Angeles (cidade que dá origem ao apelido "La La Land") sem contar a grande homenagem aos musicais clássicos do cinema norte-americano.

Confira a programação das salas de cinema de Santa Maria

Por aqui, o filme foi bastante esperado, talvez não por ser um musical, mas por ser um dos grandes filmes da temporada, com 7 Globos de Ouro e 14 indicações ao Oscar. Aí chegamos ao ponto: o público brasileiro ainda tem receio de musicais?

Foto: paris filmes / Divulgação

Durante toda minha vida escutei pessoas falando que musical é "chato" ou "estranho" só porque as personagens começam a cantar de repente para retratar um sentimento ou ação. Claro, acompanhado do argumento "isso não acontece na vida real". Mas até que ponto as ficções científicas com invasões alienígenas ou ataques de zumbis são reais?

 Imagino que o receio do musical pelo público brasileiro vem da falta dessas produções no Brasil. Até é difícil numerar quantos filmes desse gênero foram lançados por aqui. Quando falamos de musical no país, talvez os mais velhos lembrem dos artistas interpretando músicas em grandes casas de shows ou programas de TV (como vimos no filme "Elis"). Enquanto isso, nos Estados Unidos, os teatros musicais já dominavam os palcos da Broadway ou off-Broadway e assim mantiveram seu sucesso nas telas de cinema.

A estranheza talvez venha pela falta da cultura teatral no cinema nacional, mesmo considerando os casos atuais de sucesso, como as comédias Minha Mãe É uma Peça (trailler acima e em cartaz em Santa Maria) ou Os Homens São de Marte...e É pra Lá que Eu Vou, que surgiram no teatro.

Por aqui, os teatros musicais fazem parte das companhias menores, normalmente voltadas ao público infantil. Há pouco tempo os musicais adultos começaram a ganhar espaço no Brasil. Na maioria das vezes, com versões de peças estrangeiras e com casa fixa em São Paulo ou Rio, o que muitas vezes dificulta o acesso ao público (tanto na locomoção como no valor do ingresso).

Talvez, com o tempo, os musicais tornem-se parte da cultura de uma nova geração de brasileiros que buscam bom entretenimento. Afinal, nem sempre eles vão mostrar uma realidade. Assim como qualquer outro filme, os musicais foram feitos para divertir, fazer o público lembrar das músicas e relacioná-las a momentos especiais, bem como Mia (Emma Stone) e Sebastian (Ryan Gosling) fizeram com City of Stars (acima).

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Em clássico regional, São Gabriel vence o Inter-SM por 3 a 2 na Divisão de Acesso: https://t.co/txARCoholV @diariosm https…há 5 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMRT @pedrohpavan: Soldiers aplica novo placar elástico e assume a liderança do Gauchão: https://t.co/IHnY2e96Cu @diariosm @smsoldiers https:…há 6 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros