Jornalista Marcelo Canellas é o patrono da Feira do Livro  - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Santa Maria20/02/2017 | 11h00Atualizada em 20/02/2017 | 11h09

Jornalista Marcelo Canellas é o patrono da Feira do Livro 

Organização do evento divulgou também o nome dos homenageados

Jornalista Marcelo Canellas é o patrono da Feira do Livro  Globo Livros/Divulgação
Foto: Globo Livros / Divulgação

A comissão organizadora da Feira do Livro de Santa Maria anunciou na manhã desta segunda-feira os nomes do patrono e dos homenageados da edição 2017 do evento, que será realizada de 29 de abril a 14 de maio, na Praça Saldanha Marinho, das 13 às 21h. Nos sábados, a feira começará mais cedo, às 10h. 

O patrono do evento será o jornalista Marcelo Canellas, que terá ao seu lado dois homenageados: José Eduardo Escobar Nogueira e Edmundo Cardoso.

No ano do centenário, confira 100 memórias de Edmundo Cardoso

Quem são eles

Patrono
Marcelo Canellas nasceu em Passo Fundo, mas veio morar em Santa Maria ainda criança. Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria em 1987, começou na profissão como repórter de polícia do jornal A Razão. Trabalhou na RBSTV Santa Maria e na EPTV Ribeirão, de Ribeirão Preto, em São Paulo. Atualmente, é repórter especial da TV Globo, cargo que ocupa desde 1990. Trabalha no núcleo de reportagens especiais do Fantástico, na cobertura de temas ligados aos direitos sociais e aos direitos humanos.
Canellas publicou crônicas semanais no Diário de Santa Maria por quase 15 anos. Em 2013, lançou o livro Províncias – Crônicas da Alma Interiorana, uma coletânea dos textos veiculados no Diário.

Professor homenageado
O professor homenageado da feira é José Eduardo Escobar Nogueira. Ele nasceu em Fortaleza dos Valos, na época, distrito de Cruz Alta, onde permaneceu até os 12 anos de idade.
Formado em Jornalismo, Escobar é professor de literatura há 27 anos. O menino que escrevia versos nas paredes da escola se tornou um poeta reconhecido e já foi indicado ao Prêmio Açorianos duas vezes. De sua produção, destaca-se O meu primeiro milagre, Milongol, Curta-metragem, Pejuçara e Borges vai ao cinema com Maria Kodama.

Escritor homenageado
O escritor homenageado desta edição é Edmundo Cardoso. Nascido em Santa Maria em 1917, Cardoso desempenhou funções na vida cultural da cidade durante toda a sua existência. Fundou a Escola de Teatro Leopoldo Fróes, o primeiro cineclube, foi autor de livros e Patrono da Feira em 2001. Faleceu em dezembro de 2002, aos 85 anos.

Grupo de colecionadores se reúne diariamente para trocar figurinhas

A Feira do Livro de Santa Maria é uma realização da prefeitura, Câmara do Livro, Cesma, UFSM, Centro Universitário Franciscano e 8ª Coordenadoria Regional de Educação, com apoio do SESI-RS. 




 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM6 filmes para assistir e se emocionar com Meryl Streep na Netflix https://t.co/oQa1LLmpCa https://t.co/Yx6wnj0U5dhá 9 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCachorrinha soterrada em canteiro de obras é resgatada e tem um final feliz https://t.co/gnN6fxPUgR https://t.co/UeVbl0bMkkhá 10 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros