Chega às livrarias o livro produzido por santa-mariense que narra as aventuras de um indiozinho  - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Literatura06/12/2016 | 09h56Atualizada em 06/12/2016 | 09h56

Chega às livrarias o livro produzido por santa-mariense que narra as aventuras de um indiozinho 

"Rumos de um Pequeno Guarani" foi escrito e ilustrado por Mathias Dalcol Townsend

Chega às livrarias o livro produzido por santa-mariense que narra as aventuras de um indiozinho  Mathias Dalcol Townsend/Reprodução
Foto: Mathias Dalcol Townsend / Reprodução

Contrariando um antigo e famoso ditado, Rumos de um Pequeno Guarani pode, sim, ser julgado pelo capa. Afinal, é praticamente impossível não deixar se seduzir pelo indiozinho que lança seu olhar nas estrelas da capa da recém-lançada obra de Mathias Dalcol Townsend. Mas o segundo livro solo do santa-mariense vai além das incríveis ilustrações que antecipam o que espera pelo leitor.

Logo após se formar em Desenho Industrial pela UFSM, em 2008, Mathias mudou-se para Porto Alegre, onde passou a trabalhar em um estúdio de ilustração. Como a área da publicidade e a cidade grande não o agradaram muito, depois de dois anos, voltou para a região para se arriscar como freelancer na área editorial.

Cronistas do Diário: "Lugar comum", por Orlando Fonseca

Morando atualmente em Silveira Martins, passou a se dedicar a diferentes trabalhos para editoras de grandes centros, com foco principal em projetos de ilustração para literatura infantil e livros didáticos. Em 2011, lançou O Blusão Vermelho e o Mistério da Montanha e participou, ao lado de nove amigos, da coletânea Fabular – Histórias pela Natureza. 

 Passado algum tempo, o interesse pessoal que carrega desde pequeno em relação à questões de culturas ancestrais e ecologia, unido à vontade de provocar reflexão e sensibilização acerca desses assuntos por meio de um livro, serviu de combustível para embarcar em mais uma aventura literária. 

VÍDEO: Wesley Safadão fala sobre seu primeiro show em Santa Maria

– Além disso, muita gente tem uma visão bem mais romântica do indígena, andando nu na floresta, mas é importante mostrar que, hoje, muita coisa mudou e nem todos os povos conseguem viver como viviam seus antepassados. Hoje, muitos povos vivem na cidade, lutando por um pedaço de terra e precisam de mais atenção e amparo com questões como espaço, educação, saúde e saneamento básico – explica Mathias.

Para tirar o projeto do plano das ideias, inscreveu o trabalho um edital do programa de fomento à literatura no Brasil, lançado pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN) chamado de Bolsa Nacional de Criação Literária. Mathias teve a qualidade de seus traços reconhecida e foi um dos cinco autores da região sul a terem a bolsa concedida. 

5 opções culturais para a terça-feira em Santa Maria

 – Foi um presente e uma surpresa muito grande. Há um tempo, eu havia tentado um outro edital com o mesmo projeto e ele tinha ficado mal classificado. Mas resolvi arriscar outra vez e deu certo – comemora.

Desafio e aprendizado

Com a bolsa garantida, o autor pôde dar uma pausa como freelancer e se dedicar exclusivamente à produção do livro ao longo deste ano. Para as ilustrações, ele usou como referência o artesanato Guarani, além de criar bonecos de madeira e cenários artesanais de materiais orgânicos e recicláveis. 

O processo, até então uma novidade para o autor, acabou tornando-se uma intensa e divertida mistura de desafio e aprendizado. Já a criação de texto e conceitos visuais para as ilustrações foram surgindo com pesquisas em livros, na internet, em museus, em arte folclórica e em visitas a aldeias e escolas Guarani.

Cronistas do Diário: "A última carta", por Hugo Fontana

– A obra trata da história de um menino Guarani chamado Papá, que adorava correr pelas trilhas de sua aldeia, mas, com o tempo, ele percebe que as terras e florestas dali parecem diminuir cada vez mais. Assim, embarca em um voo em busca de ajuda – revela Mathias. 

Lançado pela Editora Elementar, de São Paulo, – que também lançou O Blusão Vermelho e o Mistério da Montanha – Rumos de um Pequeno Guarani já está nas prateleiras da Athena Livraria e da Cesma (apenas para sócios). Para conhecer mais obre o belo trabalho de Mathias, basta acessar o site mathiast.com. 

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMVocê sabe como cuidar do seu pet no inverno? Veja dicas de especialistas https://t.co/EdZSfFk15C https://t.co/MI0SwAKIzRhá 5 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMO que você vai almoçar neste domingo? Confira 6 opções de almoços em Santa Maria https://t.co/h765StDBXa https://t.co/gYmj2d6Kkxhá 5 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros