Zoom: um bate-papo com Tonho Crocco, vocalista da Ultramen - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

De volta aos palcos25/11/2016 | 20h02Atualizada em 25/11/2016 | 20h02

Zoom: um bate-papo com Tonho Crocco, vocalista da Ultramen

Ele conversou sobre o retorno do grupo e a relação de afeto com Santa Maria. Banda se apresenta neste sábado, no Aruna Club

Zoom: um bate-papo com Tonho Crocco, vocalista da Ultramen Ricardo Lage/Divulgação
Foto: Ricardo Lage / Divulgação

Se passou quase uma década desde a última vez que a Ultramen mostrou sua energia nos palcos de Santa Maria. E, se alguém tem dúvida se essa espera valeu à pena, ela poderá ser tirada neste sábado, no Aruna Club. Comemorando 25 anos de história, a banda irá apresentar ao público santa-mariense o show da turnê de divulgação do DVD + CD ao vivo, Máquina do Tempo. A apresentação terá abertura da prata da casa Guantánamo Groove.

Com 25 anos de estrada, Ultramen reencontra público santa-mariense neste sábado

Formada em 1991, em Porto Alegre, a Ultramen lançou seu primeiro álbum sete anos depois. Já em sua estreia em estúdio, o sexteto gaúcho emplacou o hit Bico de Luz, que tomou o dial das rádios gaúchas e projetou a banda no cenário nacional. Depois, foram outros três álbuns, além da participação no registro Acústico MTV: Bandas Gaúchas.

Para gravar disco, Quarto Ácido lança campanha de financiamento coletivo

Nesse tempo, o grupo emplacou dezenas de sucessos como Grama Verde, Dívida, General, Peleia e Tubarãozinho, além de passar por algumas mudanças em sua formação. Em 2008, os caras anunciaram uma pausa por tempo indeterminado. Antes de dar um tempo nas atividades, no entanto, a Ultramen registrou o show de despedida no bar Opinião. Em 2013, os caras resolveram tirar essas imagens da gaveta e convocaram a produtora santa-mariense NRML Vídeos para realizar o projeto, lançado em agosto passado.

Conchapalooza reúne três bandas neste domingo no Parque Itaimbé

A seguir, você confere um papo com o Tonho Crocco, vocalista da banda, que conversou sobre o retorno do grupo, sobre a relação de afeto com Santa Maria e adiantou novidades de novos trabalhos. 

Diário 2 – Como é voltar aos palcos com os mesmos caras lá do início da banda? 
Tonho Crocco – O DVD foi gravado em 2008, durante o último show da banda no Opinião. Daí, a gente parou durante cinco anos, voltando em 2013 para fazer shows e compor. Já temos por volta de sete músicas novas. E, aí, começamos a mexer nesse trabalho que estava engavetado, acabou entrando músicas dos quatro discos de estúdio da banda e uma inédita, Robot Baby. E esse DVD conta essa história, tem os dois guitarristas da banda, o Júlio Porto e o Alexandre Guri. É quando a gente estava no auge, paramos no auge. Estávamos ensaiadíssimos, afiados. Hoje, estamos contando com a formação original, porém, na guitarra, está o Chico Paixão. E o Marcito, que era percussionista e saiu, além do Júlio que, não quis voltar. Mas é isso, uma comemoração de 25 anos e o primeiro DVD exclusivo da banda. 

Diário 2 – O DVD também vem para suprir uma demanda dos fãs por vídeos da banda?
Tonho –
Claro, as pessoas pediam muito isso, e a gente nunca foi muito bom de audiovisual. Na nossa época, nos anos 1990, também era meio caro fazer um clipe. Era absurdo, R$ 50, R$ 100 mil. Hoje, com uma câmera 5D, se faz um clipe. E o barato que nos une à Santa Maria é que esse DVD foi todo produzido pelo pessoal da NRML. O Pablo Zambelli fez a edição e a capa. O Denis Carrion e o Pedro Krum também fizeram a finalização, edição e tratamento. Então, esse DVD tem uma ligação muito forte com a galera de Santa Maria. 

Diário 2 – Como é voltar a Santa Maria, agora com a Ultramen?
Tonho –
Estava devendo esse show. Apesar desse tempo na geladeira, continuei escrevendo. Gravei dois discos solo. Acabei de lançar o segundo, fiz o show do tributo ao Tim Maia, banda da qual já era vocalista, mas voltei em 2012 e tive a sorte de já tocar duas vezes no Aruna, mas estava faltando realmente a Ultramen. Acredito que faz cerca de oito anos que a gente não toca em Santa Maria. 

Diário 2 – Você adiantou que a banda está com diversas músicas novas. Tem previsão para o lançamento desse trabalho novo da Ultramen?
Tonho –
Para o ano que vem. A gente não sabe ainda o formato, se vamos largando as músicas aos poucos, se largamos um EP ou um disco inteiro inédito. Mas, com certeza, em 2017, vai ter bastante coisa nova da Ultramen.

ULTRAMEN
Com: Tonho Crocco (vocal), Malásia (percussão), DJ Anderson (scratches), Pedro Porto (baixo), Chico Paixão (guitarra), Zé Darcy (bateria) e Leonardo Boff (teclado)
Quando: sábado, às 23h
Onde: Aruna Club (Av. Walter Jobim, 300)
Quanto: R$ 30. À venda nas lojas Sarah Concept (Calçadão e Royal Plaza Shopping) e pelo polvotickets.com.br
Informações: (55) 99955-6807

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMComeça neste sábado a última edição do Pátio Rural https://t.co/b5bMVDdIk2 https://t.co/ehS8b5isUehá 6 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMComportamentos dos cachorros que devem ser controlados para evitar acidentes https://t.co/FrUtvYUDPH https://t.co/AuxNEwk50hhá 36 minutosRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros