Comparsa Elétrica e equipe celebram distinções do Prêmio Açorianos de Música - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Música e coletividade03/11/2016 | 20h30Atualizada em 03/11/2016 | 20h30

Comparsa Elétrica e equipe celebram distinções do Prêmio Açorianos de Música

Produção é resultado do esforço e da paixão em comum pela arte de toda equipe de produção, com cerca de 40 pessoas, além do financiamento coletivo de 291 colaboradores

Comparsa Elétrica e equipe celebram distinções do Prêmio Açorianos de Música Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS
Pâmela Rubin Matge
Pâmela Rubin Matge

pamela.matge@diariosm.com.br

Na última terça-feira, eles subiram ao palco e lá permaneceram do jeito que se apresentam ao mundo: abraçados. Os companheiros de Comparsa Elétrica somaram três distinções no Prêmio Açorianos de Música, realizado na Capital. Mas não foi ¿só¿ isso.

A banda também voltou ao Coração o Rio Grande com o Troféu Origens, do Galpão Crioulo, que reconhece artistas e músicas do cancioneiro gaúcho. Pirisca Grecco (voz e guitarra) venceu a categoria Compositor Regional, e junto da banda, conquistou o título de Álbum Regional do Ano e do DVD do Ano, com a produção Comparsa Elétrica – O Filme.

11 opções para aproveitar a sexta-feira em Santa Maria

A grandiosidade do trabalho extrapola o talento do músicos. O DVD e o CD são resultado do esforço e da paixão em comum pela arte de toda equipe de produção, com cerca de 40 pessoas, além do financiamento coletivo que contou com 291 colaboradores.

– Isso prova que o trabalho coletivo de Santa Maria tem relevância - pontua o coordenador da campanha crowdfunding do musical, Yuri ML.

No audiovisual, há depoimentos e 13 músicas unidas entre gêneros distintos que contam um pouco dos 10 anos de trajetória de Pirisca, Texo Cabral (flauta), Paulinho Goulart (acordeon), Duca Duarte (contrabaixo) e Rafa Bisogno (bateria). O musical também conta com a participação do ex-baixista da Fresno, Esteban Tavares.

– É a capacidade de somar forças que nos torna irretocáveis. Queremos desmistificar o ídolo, desprotagonizar. Neste ano, fomos a única banda, o único trabalho coletivo premiado – salienta Pirisca.

Em sintonia com a cultura, Programa Fazendo Arte celebra 20 anos de atividade

Produzido e editado em Santa Maria, o CD foi gravado totalmente ao vivo, do coreto da Praça Saldanha Marinho. O local que, segundo Pirisca, é o coração da cidade, também representa saudosismo e, sobretudo, pluralidade, marca da Comparsa, banda que ¿canta para o gaúcho do terceiro milênio. Universal e livre de categorias, sendo todos são bem-vindos: o de bombacha, o tatuado, a senhora, a criança.¿

Parte da equipe: Paulo Roveder (da esq. para a dir., direção técnica), Leo Mayer (captação, mixagem e masterização), Rafa Bisogno (bateria), Pirisca Grecco (guitarra, voz e direção geral), Antônia Grecco (assistente de produção), Leonardo Gadea (direção de produção), Yuri ML (coordenação do crowdfunding e assistente de produção) e Juliet Castadello (assistente de direção) Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

A Fazenda Santa Alice, Vila Belga, a Barbearia Venito e Galeria Chami também integram as locações que serviram de cenário do filme.

– Foi muita gente unida, muita luta para realizar o sonho. Escolhemos a primavera para aproveitar o colorido das flores no coreto. Choveu o dia todo e na hora da gravação parou. Foi nossa fé – lembra o baterista, Rafael Bisogno.

Leonardo Gadea, diretor de produção de filme, acrescenta:

– Para nós, trabalhar com arte é um grito de guerra, é acreditar na música, pois cada coisa que está escrita nas letras, nos representa.

Abraçar e retribuir

Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Até o final deste ano, a Comparsa Elétrica pretende retribuir, pessoalmente, cada um dos 291, colaboradores . As recompensas vão desde uma carteira de Sócio do Clube da Esquila – projeto musical idealizado por Pirisca – a um show da Comparsa Elétrica, passando por camiseta, CD e DVD e, é claro, um caloroso abraço.

Para 2017, novos projetos já estão no horizonte. Enquanto isso, a banda segue de braços e coração abertos na página do Facebook, no Serviço de Atendimento ao Comparsa (55) 9978-6070 e nas esquinas mundo afora.

COMPARSA ELÉTRICA - O FILME

Foto: Tiago Benedetti / Divulgação

Argumento e figurino: Pirisca Grecco
Roteiro: Giovane Rocha e Pirisca Grecco
Montagem: Giovane Rocha, Bruno Andrade e Pirisca Grecco
Edição, finalização e colorista: Bruno Andrade
Direção técnica: Paulo Roveder

Direção de produção: Leonardo Gadea
Assistente de direção: Juliet Castadello
Assistente de produção e cordenação campanha crowdfunding: Yuri ML
Projeto gráfico: Vinicius Bertolo e Erick Corrêa

Captação, mixagem e masterização: Leo Mayer
Técnico de P.A, Monitor e Gravação: Clauber Scholles

Roadie: Kami
Camarim  e aux. de produção: Gabriele Giacomelli
Supervisão de figurino: Coca Serpa
Captação áudio e vídeo: Sonare studios
Câmeras: Rosélbio Souza, Beto Albert, Thiago Ribeiro, João Carlos Sartori, Felipe Iop Capeleto e Marcus Borba

Grua: Bruno Padoim de Andrade
Travelling: Rafel Rigon
Maquinista: Fernando Arend
Assistente geral: Sandro Dias




 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCidades da Região Central terão sistemas de videomonitoramento https://t.co/nquZhDgJh2 https://t.co/3azEfTYilyhá 43 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMLista dos aprovados no vestibular da Unifra será divulgada nesta quarta-feira https://t.co/jbTK4FgCZa https://t.co/TxeAwWlNOphá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros