Cronistas do Diário: "O que são dois meses?", por José Otávio Binato - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Opinião29/10/2016 | 06h52Atualizada em 29/10/2016 | 06h52

Cronistas do Diário: "O que são dois meses?", por José Otávio Binato

Cronistas do Diário: "O que são dois meses?", por José Otávio Binato Arte Rafael Guerra / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Arte Rafael Guerra / Agência RBS / Agência RBS
José Otávio Binato

josebinato@terra.com.br

Finalmente, chegou o segundo turno da eleição, pelo menos para Santa Maria. Semana que vem, tem Enem para milhares de estudantes. Netos e filhos entram na reta final das provas escolares. Formaturas. Férias começam a ser programadas. E, aí, você ouve falar no Natal ou percebe na praça a árvore imensa que é o símbolo natalino mais significativo da decoração nas ruas de Santa Maria. Sim, já é Natal! Natal? Mas estamos em outubro? De novo, o ano passou rápido! Que coisa! Fizemos tantas promessas e, agora, só faltam 42 dias úteis para o fim do ano. Ainda bem que faltam 22 dias de fins de semana e feriados. 

Lembra das promessas de fazer uma dieta saudável e, quem sabe, emagracer? Você prometeu ler quantos livros mesmo? Já ficaram para trás as caminhadas do início do ano? Ou nem começou? E as pastas com documentos já estão todas organizadas? Ou nem comprou as pastas? Discos, CDs, DVDs todos por ordem e catalogados? E as consultas médicas e revisões, tudo em dia? Ou vai marcar para março? Por falar nisso, de que ano mesmo? Visitas a familiares e a amigos, tudo na promessa? Ou ainda não deu tempo? E aquele famoso fim de semana na Quarta Colônia com direito a uma gastronomia dos deuses, um sono reparador e um afeto compartilhado com quem amamos? Tudo tranquilo neste ano que passou? 

Leia mais textos dos cronistas do Diário

Chega de perguntas! Vamos aos fatos. Todos temos ainda muito tempo até o fim de ano para fazermos coisas que podem ser vivenciadas com a família, com o nosso amor, com amigos e, principalmente, com o ser humano mais importante para nós: nós mesmos. O tempo verdadeiro é o emocional, não o do relógio. O calendário é necessidade social de nos organizarmos em relação aos dias que se passam em nossas vidas. O passado já foi, o futuro não veio, e, no presente, o aqui e o agora, o próximo minuto é o que importa. O próximo pensamento é que definirá a sua vida! Tome uma decisão – agora – de pensar e sentir positivamente. Só você é capaz de mudar o seu destino. Não deixe para daqui a dois meses para ser feliz. Decida ser feliz hoje! Tô te esperando para sermos felizes!


 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMUFSM abre concurso para professor do Magistério em Santa Maria https://t.co/Vkep7DEYOT https://t.co/0wcMVcwKCNhá 19 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMUnifra divulga lista dos aprovados no vestibular de verão https://t.co/J6BjeNK1wH https://t.co/NWdLGjWcajhá 39 minutosRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros