"Os Senhores da Guerra" estreia na quinta-feira em Santa Maria - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Lados opostos13/09/2016 | 20h45Atualizada em 13/09/2016 | 21h27

"Os Senhores da Guerra" estreia na quinta-feira em Santa Maria

Longa de Tabajara Ruas teve locações em Santa Maria e outras cidades da região

"Os Senhores da Guerra" estreia na quinta-feira em Santa Maria Rodrigo Migliorin/Divulgação
Foto: Rodrigo Migliorin / Divulgação

Uma importante e pouco conhecida passagem da história política do Coração do Rio Grande chegará aos cinemas da cidade amanhã. Trata-se do conflito político e familiar que centraliza a ação do longa-metragem Os Senhores da Guerra. Gravado em cidades como Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul e Ijuí, o filme estreia nas salas do Arcoplex Cinemas, no Royal Plaza Shopping.

Mais 12 bandas são selecionadas para tocar no festival Morrostock

Os Senhores da Guerra é mais do que um filme sobre famílias divididas pela política, tema, aliás, bastante atual nos dias de hoje. Baseado na obra homônima de José Antonio Severo e com direção de Tabajara Ruas, o longa relembra a trajetória de Julio Rafael de Aragão Bozano (Rafael Cardoso), advogado eleito intendente de Santa Maria em outubro de 1924. Poucos dias após assumir o comando da cidade, ele precisou enfrentar as tropas do Exército Libertador. Os antigos maragatos vinham do Uruguai e haviam se aliado aos militares revoltosos com o governo nacional. Porém, ao enfrentar a violenta guerra civil como chimango aliado ao governo de Borges de Medeiros, o protagonista precisou lutar também contra o irmão Carlos Bozano (André Arteche), que vinha junto aos revolucionários que desejavam a implantação de um novo regime.

VÍDEO: declamadores dão dicas para quem quer se aventurar nessa arte

Os Senhores da Guerra também tem lá suas pitadas de romance. Isso porque, ao ir para a guerra, o legalista Julio Rafael precisa deixar para trás a noiva, Maria Clara Mariano da Rocha. Porém, a atriz porto-alegrense Elisa Brites, que dá vida à irmã do fundador da UFSM, José Mariano da Rocha Filho, não é o único rosto conhecido da região a aparecer no filme.

Foto: Divulgação

Com 15 semanas de filmagens, realizadas entre 2011 e 2013, o projeto envolveu mais de 200 profissionais e um elenco com dezenas de nomes conhecidos da cena local como Leonardo Machado, Marcos Verza, Marcos Breda, Hique Gomes e Zé Victor Castiel. Para as cenas de batalhas, além de mais de 2 mil figurantes, foram usadas 500 armas, o que demonstra a grandiosidade da produção. A direção musical do filme é de Pirisca Grecco, músico radicado em Santa Maria.

Pesquisa da UFSM busca avaliar o consumo de moda em telenovelas

Ao trabalhar basicamente com material da região, seja na formação de equipe ou por encarar o desafio de criar uma estética própria para se expressar, Os Senhores da Guerra reproduz com maestria parte de uma cultura pouco explorada no cinema nacional. Não por acaso, a produção independente foi considerada pelo respeitado crítico Rubens Ewald Filho como o "o melhor épico gaúcho já realizado", além de ter levado dois Kikitos no Festival de Gramado de 2014: Prêmio Especial do Júri e Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante para Andrea Buzato.

Os Senhores da Guerra
Direção: Tabajara Ruas
Com: Rafael Cardoso, André Arteche, Leonardo Machado, Marcos Breda e outros
Produção: Brasil, 2014, 124min, drama/guerra
Classificação: 14 anos
Horários: Arcoplex 4: qui, sex, sab, dom, seg, ter, qua (13h30min e 15h20min)

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSM"Fallen" estreia no cinema de Santa Maria esta semana https://t.co/JMwktlXDzm https://t.co/s2QL3lDKpjhá 1 horaRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMOperação policial em defesa de mulheres vítimas de violência é deflagrada em Santa Maria https://t.co/ouuks3w7No https://t.co/1vHtqZRbdWhá 1 horaRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros