Biblioteca com acervo especializado sobre o Rio Grande do Sul é novidade em Santa Maria - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Valorizando as tradições20/09/2016 | 19h31Atualizada em 20/09/2016 | 19h31

Biblioteca com acervo especializado sobre o Rio Grande do Sul é novidade em Santa Maria

Espaço batizado de Cezimbra Jacques reúne quase 500 obras 

Biblioteca com acervo especializado sobre o Rio Grande do Sul é novidade em Santa Maria Jean Pimentel/Agencia RBS
Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Livros, revistas e vestimentas que remetem à cultura gaúcha são alguns dos objetos que compõem a Biblioteca Cezimbra Jacques. Inaugurado há pouco menos de um mês, em 26 de agosto, em Santa Maria, o acervo tem catalogadas 480 obras relacionadas ao Rio Grande do Sul.

O espaço surgiu a partir de uma ideia do exprefeito Cezar Schirmer durante a Feira do Livro de 2015. Depois de visitar a banca Martins Livreiros, que vende apenas obras riograndenses, Schirmer imaginou uma biblioteca voltada à nossa cultura. O local encontrado para dar inicio ao projeto foi um cômodo do segundo andar da Biblioteca Municipal Henrique Bastide. Uma sala com um grande painel pintado por Jonessy Nunes traz a figura de Cezimbra Jacques, uma cuia, livros, passos de dança tradicionalista e a bandeira do Estado. Ali fica o acervo que reúne obras sobre história, geografia e conhecimentos em geral sobre os municípios gaúchos. Todos os livros foram obtidos por meio de doações.

Leia mais notícias de cultura e lazer

A biblioteca é voltada para pesquisa, por isso, quem deseja ter acesso às obras só pode fazê-lo no local. Ou seja, levá-las para casa nem pensar.

— As pesquisas podem ser sobre a história de alguma cidade, de algum monumento ou mesmo sobre economia de determinada cidade — explica a bibliotecária Fernanda da Silva Santos.

Fernanda conta ainda que o local onde a biblioteca está atualmente é provisório. A expectativa dos idealizadores do projeto é de que, a partir do aumento do acervo, uma nova sede seja encontrada para receber a Cezimbra Jacques.

— O espaço já existia e nós adaptamos para criar a biblioteca. Em princípio, é para ser um espaço provisório, para depois ela ser instalada em outro lugar — revela Fernanda.

Conforme Rosangela Rechia, coordenadora de eventos da Biblioteca Municipal Henrique Bastide, o espaço está sempre crescendo, por isso, doações são sempre bem-vindas.

— A gente pede a colaboração e a participação da comunidade. Quem quiser visitar ou doar livros para fazer parte deste acervo será recebido de braços abertos. Queremos valorizar as nossas tradições — relatou Rosangela.

Homenagem a Cezimbra Jacques

Nada mais justo que uma iniciativa que se propõe a cultuar, valorizar e preservar a cultura dos pampas levar o nome de quem tanto fez em prol da cultura gaúcha. Não por acaso, o espaço foi batizado de Cezimbra Jacques, em homenagem ao primeiro escritor santa-mariense a publicar um livro. Além de militar do Exército, foi precursor do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e um dos primeiros a destacar-se tanto na literatura como no âmbito social, cultural e histórico do Coração do Rio Grande.

— O Schimer quis fazer uma homenagem a João Cezimbra Jacques, por ele ser essa personalidade de tão grande relevância para Santa Maria, inclusive sendo o autor da lenda de Imembuí — conclui Rosangela.

Para doar

A biblioteca Cezimbra Jacques é aberta ao público das 8h às 16h. Para doar, basta entrar em contato pelo telefone (55) 3218-1396 ou direto na sede, localizada na Av. Presidente Vargas, nº 1.300.

 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMCorintians recebe o Guarani-VA pela 3ª rodada do Estadual de Basquete https://t.co/oAQrQsChzk https://t.co/fxsAbDnY5yhá 8 horas Retweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMPrêmio Empreendedor é uma oportunidade das instituições mostrarem suas pesquisas https://t.co/xYX6QSQkWN https://t.co/kPZuZuNRm9há 8 horas Retweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros