Dicas para criar o seu próprio grupo de leitura - Cultura e Lazer - Diário

Versão mobile

Porque ler nunca é demais30/01/2015 | 07h04

Dicas para criar o seu próprio grupo de leitura

Mais do que um encontro para compartilhar as leituras, o clube serve como celebração da amizade

Dicas para criar o seu próprio grupo de leitura Jean Pimentel/Agencia RBS
Integrantes do Clube de Leitura Companhia de Papel, que está no seu terceiro ano de funcionamento em Santa Maria. Eles se encontram uma vez por mês para discutir e compartilhar ideias sobre as obras que leram Foto: Jean Pimentel / Agencia RBS

Comprometimento. Essa é a palavra-chave para se criar e manter um clube de leitura. E é a principal dica da mediadora e coordenadora do Clube de Leitura Companhia de Papel, Camilla Caetano, 30 anos. Ela criou o clube em 2012, e o mantém até hoje, com outros 11 amigos de Santa Maria. Mais do que um encontro para discutir e compartilhar as leituras, o clube virou local de celebração da amizade e de dividir pensamentos de vida.
- Eu queria criar o clube com a ideia de compartilhar as coisas que lia. Depois que li Frankenstein, pensei que precisava dividir essa leitura com alguém. Então enviei e-mail para alguns amigos e criei o clube - conta a funcionária pública.

Não demorou para que pessoas que nem conheciam os integrantes passassem a fazer parte do grupo. Os leitores - dentistas, funcionários públicos, publicitários, e, curiosamente, ninguém da área de Letras - se reúnem um domingo por mês, em cafés, restaurante ou até na residência de um integrante. Em um dos encontros, até jantar característico de obra já saiu: foi depois da leitura de Dona Flor e Seus Dois Maridos, de Jorge Amado, que o grupo resolveu cozinhar uma moqueca.

O clube também instigou ainda mais para a leitura alguns membros que, antes, não liam tanto. É o exemplo do cirurgião-dentista Cristiano dos Santos, 33 anos:
- Antes eu lia uma média de três livros por ano. Agora, leio cerca de 20 em um ano - conta.
Para criar o seu

Clubes de leitura têm tudo para virar febre. No início do ano, Mark Zuckerberg criou um por meio do Facebook. Na primeira semana, a obra indicada pelo empresário, The End of Power, de Moisés Naím, esgotou na Amazon. 

Camilla Caetano, que além do clube Companhia de Papel ainda coordena também o Clube de Leitura Athenados (com encontros na Athena Livraria) e o Clube Entre Aspas, dá algumas dicas para quem quer criar o seu.  A principal, e já destacada, é o comprometimento. Além disso, Camilla destaca que o grupo de pressoas deve ser limitado: o ideal seria de 10 a 12.

Sobre a metodologia de discussão das obras, você pode escolher a seu critério. No Companhia de Papel, a mediadora faz algumas perguntas que são sorteadas durante a conversa: você faria o mesmo que o personagem? O que você achou do final do livro? O importante é que sejam questões que instiguem a discussão sobre a obra.

O critério de escolha das obras também é livre e ao gosto dos integrantes: gastronomia, romance, policial, poesia.
- É preciso comprometimento: os livros precisam ser lidos dentro do prazo estipulado, e, algumas vezes, você precisará ler livros que não gosta. Faz parte - ressalta.

Em tempo: os clubes Athenados e Entre Aspas ainda têm vagas para quem se interessar. É só enviar um e-mail para camillabritescaetano@hotmail.com .

Dicas anotadas? Mãos à obra. Aproveite as férias, encontre os amigos e instigue o interesse pela leitura. A gente sabe que nunca é demais.

DIÁRIO DA SANTA MARIA

 
 

Siga Diário SM no Twitter

  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMNovo bar no Bairro Lourdes abre 16 vagas de empregos em Santa Maria https://t.co/E9KZs6WxVH https://t.co/hjbA3NjQfRhá 15 minutosRetweet
  • diariosm

    diariosm

    DiárioSMLançamento da vaquinha online para construir memorial às vítimas da Kiss será na Saldanha Marinho… https://t.co/buJY7BJXcRhá 29 minutosRetweet

Veja também

Diário de Santa Maria
Busca
clicRBS
Nova busca - outros